Home / Curiosidades / Aranha rara – e assustadora – é encontrada em plantação na China

Aranha rara – e assustadora – é encontrada em plantação na China

Cyclocosmia Ricketti: animal usa disco para se camuflar (Reprodução)
Cyclocosmia Ricketti: animal usa disco para se camuflar (Reprodução)

 

Um agricultor encontrou uma aranha rara enquanto cuidava de pés de tangerina, na província de Sichuan, da China. Segundo o jornal South China Morning Post, Li Wenhua chegou a pensar que o animal era um selo de cartas, que poderia valer algum dinheiro. Na verdade, o que ele vira era a parte traseira do aracnídeo da espécie Cyclocosmia ricketti.

Aranhas como essa foram vistas pela primeira vez em 1901, na região de Lushan. Nos últimos 16 anos, somente seis exemplares foram encontrados na China.

O animal hoje é criado em cativeiro e pode ser comprado em alguns sites chineses por um valor equivalente a 6 mil reais. Há até quem grave vídeos de unboxing dele.

O agricultor, que pensava que poderia vender um selo raro para ganhar dinheiro, diz que pretende vender o aracnídeo.

O disco do abdômen do animal é usado como mecanismo de disfarce. As aranhas dessa espécie cavam tocas na terra, deixando para fora somente o seu disco ornamental. Ao vê-las assim seria fácil confundi-las com folhas secas.

O registro prévio sobre a Cyclocosmia ricketti indica que ela pode resistir a temperaturas de até 13 graus celsius, mas o frio na província de Sichuan pode ser mais intenso do que isso. Portanto, a descoberta do agricultor pode ser um feito de notoriedade científica.

Outra espécie de aranha foi encontrada na China nesta semana. Ainda sem nome oficial, o animal tem visual que se assemelha ao de uma folha e foi encontrado por pesquisadores na província chinesa de Yunnan.

Por Lucas Agrela / Exame.com

Veja Também

Burger King dá comida de graça por toda a vida a clientes

  Na Argentina, alguns consumidores tiraram a sorte grande. Por lá, há quem tenha o ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *