quinta-feira , 18 Janeiro 2018
Home / Mato Grosso do Sul / Campanha contra abastecimento acima do limite será intensificada em postos de MS

Campanha contra abastecimento acima do limite será intensificada em postos de MS

Frentistas durante campanha “Não passe do limite” (Foto: Divulgação)

 

O Sinpospetro/MS (Sindicato dos Empregados em Postos de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Mato Grosso do Sul) intensifica, a partir deste mês, a campanha “Não passe do limite”. A ação visa sensibilizar profissionais da área sobre perigos de contaminação e os procedimentos corretos no abastecimento de veículos.

De acordo com o sindicato, abastecer acima do limite determinado por lei pode causar problemas sérios à saúde do frentista, que fica exposto ao benzeno, substância cancerígena. “O abastecimento no limite do automático dos veículos virou lei; primeiro, estadual e agora, federal”, lembra José Hélio da Silva, presidente do Sinpospetro/MS.

José Hélio informou que a entidade fez uma sondagem e comprovou que muitos frentistas ainda perguntam ao consumidor se querem que o abastecimento continue acima do “click” do automático. “Ora, se existem trabalhadores de nossa área que ainda não estão conscientes do perigo a que ficam expostos quando efetuam esse ato contra lei, precisamos intensificar nossa campanha”, argumenta.

A ação é feita em conjunto com o MPT (Ministério Público do Trabalho) e FSSHT-MS (Fórum de Saúde, Segurança e Higiene no Trabalho no Mato Grosso do Sul), entre outros órgãos.

O Sinpospetro/MS, segundo o diretor Gilson da Silva Sá, confeccionou panfletos, folders e jornais educativos sobre a campanha. Ele informou também que na região da Grande Dourados, onde foi fundado recentemente um sindicato, será desenvolvida também uma intensa campanha a partir deste mês.

Por: Osvaldo Júnior / CG News

Veja Também

Gaeco prende 7 por esquema de envio de drogas de Aral Moreira para o país

  Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado cumpriu sete mandados de prisão ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *