Home / Esportes / Deu Argentina! Seleção brasileira perde pela primeira vez sob o comando de Tite

Deu Argentina! Seleção brasileira perde pela primeira vez sob o comando de Tite

Pedro Martins / MoWA Press Brasil e Argentina se enfrentaram na Austrália

 

 

Após nove jogos e nove vitórias, a seleção brasileira conheceu sua primeira derrota sob o comando do técnico Tite, que deixou de ter campanha 100%. Na manhã desta sexta-feira, na Austrália, a equipe encarou a Argentina no clássico sul-americano e perdeu por 1 a 0 – vale ressaltar que o atacante Neymar não jogou, enquanto os argentinos estavam completos, com Messi e companhia, além de estrearem o técnico Jorge Sampaoli.

A seleção brasileira  volta a campo na próxima terça-feira, dia 13 de junho, para encarar os australianos em sua segunda partida amistosa no país da Oceania. Depois, no fim de agosto, a seleção pega o Equador na cidade de Porto Alegre, em jogo válido pelas Eliminatórias para Copa 2018 – o time já está classificado para o Mundial na Rússia.

Veja o gol argentino e os melhores momentos do clássico:

O jogo

O primeiro lance de perigo foi da Argentina, com Di Maria acertando a trave do goleiro Weverton nos minutos iniciais de partida. Depois disso, a seleção brasileira tomou conta do duelo até metade do primeiro tempo, não deixando os argentinos jogarem. Nesse período, a equipe criou boas chances em chutes de fora de Renato Augusto e Filipe Luís.

Pedro Martins / MoWA Press Messi tenta jogada, marcado por Renato Augusto

Na oportunidade mais clara, Willian puxou rápido contra-ataque pela esquerda, invadiu a área e rolou para Philippe Coutinho, que demorou para finalizar e chutou travado com o goleiro Romero.

A partir dos 30 minutos, os hermanos igualaram as ações e começaram a assustar mais a defesa brasileira. Higuaín tentou de cabeça, parando em fácil defesa de Weverton, e Di Maria chegou perto de marcar finalizando de primeira, do bico da área, também ficando em intervenção do goleiro do Brasil.

Aos 44 minutos, saiu o gol da Argentina. Messi tocou para Di Maria, que cruzou na área para Otamendi subir sozinho e cabecear na trave, com a bola sobrando livre nos pés de Mercado, que só tocou para o gol vazio no rebote.

Assim como no primeiro tempo, a seleção brasileira iniciou a etapa final partindo para cima e pressionando os argentinos. Aos 17 minutos, Gabriel Jesus recebeu lançamento, entrou na área, driblou o goleiro Romero, mas chutou na trave; Willian pegou o rebote e soltou uma bomba, também explodindo no poste.

Os dois técnicos começaram a mexer em suas equipes. Tite colocou Douglas Costa e Rafinha, ambos do Bayern de Munique, além de Giuliano, tentando deixar o Brasil um pouco mais veloz no seu setor ofensivo. Sampaoli, por sua vez, fez alterações para segurar mais, priorizando a marcação.

O duelo ficou bastante truncado nos minutos finais. Melhor para Argentina, que conseguiu segurar o ataque brasileiro e garantiu o triunfo em terras australianas.

FICHA TÉCNICA

Brasil 0 x 1 Argentina

Data : 09 de junho de 2017, sexta-feira
Horário : 07h05 (de Brasília)
Local : Estádio Melbourne Cricket Ground, em Melbourne (Austrália)
Público : 95.569 torcedores
Cartões amarelos : Paulinho e Rafinha (BRA); Maidana (ARG)

GOL
Argentina: Mercado, aos 44′ do 1º tempo

BRASIL : Weverton; Fagner (Rafinha), Thiago Silva, Gil e Filipe Luís; Fernandinho, Paulinho (Giuliano) e Renato Augusto (Douglas Costa); Philippe Coutinho, Willian e Gabriel Jesus (Taison). Técnico: Tite

ARGENTINA :  Romero, Gomez (Tagliafico), Otamendi, Maidana e Mercado (Mammana); Biglia, Banega (Lanzini) e Di María; Messi, Dybala (Guido Rodriguez) e Higuaín (Correa). Técnico: Jorge Sampaoli

Comente

O que achou do jogo da seleção brasileira contra a Argentina? Deixe seus comentários mais abaixo, queremos saber a opinião dos nossos internautas.

Fonte: Esporte - iG 

Veja Também

Bayern de Munique confirma a contratação de Tolisso, ex-Lyon

  O Bayern de Munique segue movimentando-se no mercado de transferências. Nesta quarta-feira, os bávaros ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *