sexta-feira , 21 julho 2017
Home / Mato Grosso do Sul / Frente fria deve trazer chuva e derrubar as temperaturas em MS a partir de domingo

Frente fria deve trazer chuva e derrubar as temperaturas em MS a partir de domingo

Até sábado, sul-mato-grossense deverá conviver com condições climáticas favoráveis a incêndios, com alta temperatura e baixa umidade, situação muda a partir de domingo (Foto: Reprodução/TV Morena)

Até sábado (14) o sul-mato-grossense deve conviver com temperaturas altas e baixa umidade relativa do ar, com as condições climáticas favorecendo a ocorrência de incêndios. O quadro, segundo meteorologistas, muda a partir de domingo (15), quando uma frente fria que vem do sul do Brasil chega a Mato Grosso do Sul, trazendo muita nebulosidade para as áreas de fronteira com o Paraguai.

No sul do estado, conforme a meteorologia, pode chover forte no domingo e a precipitação vir acompanhada de rajadas de ventos, o que deve fazer com que a população e os condutores que forem passar1 pela região redobrem a atenção. Entretanto, em Campo Grande e em outras áreas do estado não deve chover ainda.

A chuva deve chegar a capital do estado somente no segunda-feira (16), mas deve ser fraca, com cara de garoa. Não existe, conforme a meteorologia, previsão de temporais em todo o estado. No entanto, deve ocorrer uma mudança radical na temperatura, porque a frente fria está associada com uma massa de ar polar e a diferença será enorme, com rajadas de vento e céu nublado, o que deve fazer com que a sensação climática das mínimas seja ainda mais baixa.

Os meteorologistas esperam que as mínimas fiquem abaixo dos 5ºC, especialmente no sul do estado, já na segunda-feira, o que deve ocorrer em Campo Grande na terça (17). Nestes dois dias os termômetros devem registar as temperaturas mais baixas deste período e existe até mesmo risco de geada em alguns municípios do sul do estado.

Por TV Morena

Veja Também

Preços de frutas e legumes terão alta após geadas em MS

  A geada registrada em Mato Grosso do Sul e na região Sul do País ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *