Home / Brasil / Pecuária brasileira cresce no primeiro trimestre deste ano

Pecuária brasileira cresce no primeiro trimestre deste ano

Pecuária brasileira apresenta crescimento no primeiro trimestre deste ano
No primeiro trimestre, abate de frangos foi 0,3% maior que no mesmo período de 2016
Arquivo/Agência Brasil

 

O abate de frangos, suínos e bovinos aumentou no Brasil no primeiro trimestre de 2017 em comparação com o mesmo período do ano passado. O resultado foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no relatório das Pesquisas Trimestrais do Abate de Animais, Trimestral do Leite, Trimestral do Couro e Produção de Ovos.

O abate de frangos, que totalizou 1,48 bilhão de cabeças, foi 5,1% acima do registrado no 4º trimestre de 2016. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, houve aumento de 0,3%. Esse resultado ocorreu devido ao crescimento nos abates em 16 das 24 unidades da Federação que participaram da pesquisa.

Em relação aos suínos, a pesquisa mostra que foram realizados 10,46 milhões de abates, aumento de 2,6% na comparação com o mesmo período de 2016. O abate de 269,64 mil cabeças de suínos a mais foi impulsionado por 12 das 25 unidades da Federação participantes da pesquisa. Entre os estados com participação acima de 1%, registraram aumento Santa Catarina (+228,56 mil cabeças), Mato Grosso (+54,70 mil cabeças), Paraná (+38,40 mil cabeças), Minas Gerais (+29,61 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+20,30 mil cabeças), Goiás (+10,22 mil cabeças).

Já o abate de bovinos foi de 7,37 milhões de cabeças. Na comparação com o primeiro trimestre de 2016, houve alta de 0,7%. Foram 49,62 mil cabeças a mais impulsionadas pelos estados de Goiás (+97,26 mil cabeças), Tocantins (+27,53 mil cabeças), Rondônia (+25,43 mil cabeças), Pará (+16,72 mil cabeças) e Bahia (+15,67 mil cabeças). 

Ovos, leite e couro

A produção de ovos de galinha foi de 788,26 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2017. Comparando com o mesmo período de 2016, houve aumento de 4,1%.

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) foi de 5,87 bilhões de litros. O volume foi  0,1% maior que o alcançado no 1º trimestre de 2016.

Na Pesquisa Trimestral do Couro, foram declarados o recebimento de 8,25 milhões de peças inteiras de couro cru de bovinos. Essa quantidade foi semelhante à registrada no trimestre imediatamente anterior e 1,7% menor que a apurada no 1º trimestre de 2016.

Fonte: Portal Brasil, com informações do IBGE

Veja Também

Estudante identifica perfis de liderança dos Cavaleiros do Zodíaco em TCC

estudante de administração Jonathan Julian, de 26 anos, decidiu elevar o cosmo na produção do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *