sexta-feira , 21 julho 2017
Home / Campo Grande / Represa capaz de reter 22 milhões de litros será construída perto de shopping

Represa capaz de reter 22 milhões de litros será construída perto de shopping

Bacia do Prosa, nos altos da Afonso Pena, onde será construídsa barragem para evitar enchentes na região. (Foto: Divulgação)

 

Com 302m de largura, 6m de altura e capacidade para “segurar” 22 milhões de litros, terá início, ainda neste mês, nos altos da Avenida Afonso Pena, a construção de barragem para evitar enchentes no Córrego Prosa, em Campo Grande.

Com previsão de ser concluída dentro de um ano, a estrutura será erguida dentro da Praça das Águas, fruto de uma parceria entre a prefeitura e o Shopping Campo Grande.

A represa integra o conjunto de obras recomendadas no plano diretor de drenagem para controle de enchentes na Bacia do Prosa, elaborado em 2008, que prevê a retenção de 205 mil milhões de litros.

A meta é que a barragem aumente em 22% a atual capacidade da bacia, que é de 98 milhões de litros.

A necessidade da construção de uma represa no local foi constatada a partir de um estudo realizado pela prefeitura no entorno do shopping, contemplando um terreno da Avenida Afonso Pena com a Rua Ceará.

Diante do impacto dos empreendimentos construídos ao longo dos anos na região, uma barragem com capacidade para reter 06 milhões de litros de água seria a melhor alternativa para prevençao de enchentes.

Para evitar redução de edificação na área, a solução foi ceder, ao shopping, área pública na Praça das Águas, em contrapartida à construção de uma represa 4 vezes maior do que a recomendada. O espelho da represa terá 9,4 mil metros quadrados.

A construção da represa está orçada em R$ 800 mil, e será custeada integralmente pelo shopping. O termo de compromisso com o município foi assinado em janeiro deste ano.

“O retardamento do escoamento da chuva que vem das cabeceiras vai contribuir para minimizar os efeitos do transbordamento do córrego mais à frente, principalmente na região no cruzamento da Avenida Ricardo Brandão com a Rua Bahia, impactada pelo Córrego Vendas, que é afluente do Prosa”, informou a prefeitura, em seu site.

Por: Anahi Gurgel / CG News

Veja Também

Agentes penitenciários federais de Campo Grande pedem mais segurança no trabalho

Uma grupo de 100 agentes penitenciários federais de Campo Grande fizeram uma manifestação na frente ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *