Home / Mato Grosso do Sul / Vendaval com chuva derruba árvores e destelha casas no sudoeste do MS

Vendaval com chuva derruba árvores e destelha casas no sudoeste do MS

Chuva trouxe alívio, mas também derrubou árvores e destelhou casas em Porto Murtinho (Foto: Direto das Ruas)

 

A chuva chegou com força na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai. O tão esperado alívio ao tempo seco aconteceu em Porto Murtinho e em Bela Vista – cidades, respectivamente, a 431 km e 322 km de Campo Grande.

Vento forte fez barco virar em Carmelo Peralta (Fotos: Direto das Ruas)

Em Bela Vista, conforme o apurado pela reportagem, a chuva aconteceu à tarde e não foi tão forte, mas vento acabou derrubando algumas árvores. Além disso, também choveu granizo.

Já em Porto Murtinho, além da queda de árvores, casas foram destelhadas. Segundo o Corpo de Bombeiros local, a região mais afetada foi a perto do dique para contenção de enchentes.

Além disso, parte da cidade ficou sem energia elétrica durante à tarde, já que houve rompimento de cabos da rede. À noite, houve um apagão geral, mas aos poucos o fornecimento se restabeleceu.

Estruturas foram afetadas principalmente no lado Paraguaio da fronteira

Dados da estação meteorológica automática do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) indicam que os ventos, por volta das 14h e 15h, se aproximou dos 55 km/h em Porto Murtinho.

Entre 16h e 17h, houve uma queda de 9°C – caindo de 31°C para 21°C – na temperatura média verificada. A umidade relativa do ar atingiu a marca de 78% às 19h. No momento, chove na cidade, mas sem ventania.

Já no lado paraguaio da fronteira, em Carmelo Peralta, houve mais estragos, inclusive com um barco de pequeno porte afundando e tombamento de barco de pescas, devido o vendaval. A torre da área Alto Paraguai também caiu e a cidade também ficou sem fornecimento de energia elétrica.

Por: Nyelder Rodrigues / CG News

Veja Também

Jovens desaparecem após abordagem policial em MS; carro foi encontrado no Paraguai

Um jovem de 20 anos e outro de 27 desapareceram no último fim de semana ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *