quarta-feira , 5 agosto 2020
Home / Mato Grosso do Sul / Após 154 casos positivos e 4 mortes por coronavírus, cidade de MS instala 5 leitos de UTI

Após 154 casos positivos e 4 mortes por coronavírus, cidade de MS instala 5 leitos de UTI


Fundação passou por reforma para receber 5 leitos de UTI para pacientes com Covid-19. (Foto: Costa Leste News)

Com 154 casos positivos e 4 óbitos por coronavírus até sexta-feira (31), a Prefeitura de Aparecida do Taboado –a 459 km de Campo Grande– colocará em operação nesta segunda-feira (3) cinco leitos de UTI no hospital da cidade. A Fesat (Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado) passou por reforça para receber a estrutura.

Os leitos vão ajudar no atendimento a pacientes de Covid-19, uma vez que, sem leitos de terapia intensiva, Aparecida do Taboado é dependente de municípios vizinhos ou mesmo de São Paulo –tem sido comum pacientes buscarem socorro em São José do Rio Preto, por exemplo.

A estrutura custou R$ 704.949,25, dos quais R$ 382.363,12 foram bancados pelo Fesat e R$ 322.586,13 saíram do Fundo Municipal de Saúde. “Neste momento difícil, é importante termos condições para atender àqueles que necessitarem de um acompanhamento especializado”, alegou o prefeito Robinho Samara (PSB), segundo o Costa Leste News.

Além dos leitos de UTI, foram instalados na unidade 4 leitos de isolamento para pacientes com Covid-19. Secretária municipal de Saúde, Tatiane Bernardes explicou que a UTI é específica para coronavírus, “porque para ser uma UTI completa precisa que o município ofereça hemodiálise”. Os leitos estarão disponíveis a partir de segunda-feira.

O último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde apontou que Mato Grosso do Sul se aproxima dos 25 mil casos positivos de coronavírus, com pelo menos 379 mortes confirmadas pela doença.

Por: Humberto Marques / Midiamax

Veja Também

Preso em avião carregado com cocaína já foi vice-prefeito e presidente de Câmara

Nélio e Júlio César foram levados para a Polícia Federal de Dourados.(Foto: Jornal da Nova)CREDITO: ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.