Home / Mato Grosso do Sul / Após dois anos, Black Friday fronteira volta com descontos em MS e no Paraguai

Após dois anos, Black Friday fronteira volta com descontos em MS e no Paraguai

Gerson Oliveira

Após dois anos sem edição, a Black Friday Fronteira voltará a ser realizada no comércio da fronteira entre Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

O lançamento da ação foi na última quarta-feira (27), mas o evento será apenas em setembro.

A Black Friday Fronteira será entre os dias 7 e 11 de setembro.

Lojistas prometem descontos de até 50% em vários tipos de produtos.

A expectativa é atrair 100 mil turistas às cidades fronteiriças com o Paraguai e movimentar US$ 30 milhões em negócios.

De acordo com a Fecomércio, uma das apoiadoras da ação, um dos diferenciais da campanha neste ano, novamente, será a participação dos comércios paraguaio e brasileiro unidos na Black Friday.

A última Black Friday na fronteira foi em 2019. Em 2020 e 2021 não houve edição devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

Brasil

No Brasil, excetuando-se a edição de fronteira, a Black Friday é realizada no mês de novembro.

O dia “D” da “Black Friday” é a última sexta-feira do mês,mas alguns fornecedores oferecem ofertas antecipadas, incluindo em seus sites.

Na data, lojas oferecem descontos em produtos e serviços dos mais variados tipos e já é um dos períodos de maior movimento no comércio.

As ofertas atraem diversos consumidores, dispostos a comprarem itens que estão planejando há tempos ou a aproveitar os preços baixos em outros produtos.

No ano passado, a Black Friday movimentou cerca de R$ 259 milhões na economia do Estado, segundo levantamento do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF-MS).

Em 2020, a sexta-feira dedicada às promoções movimentou R$ 200 milhões. Já o total movimentado em 2019 foi de R$ 260 milhões.

GLAUCEA VACCARI

Por Correio do Estado

Veja Também

Empresário morre em acidente com clube de moto em MS horas após postar: ‘Domingão abençoado, bora rodar’

Gustavo Leite, empresário de Anastácio e Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande, morreu na ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.