Home / Mato Grosso do Sul / Assessor de prefeito mantém festa de filho e vai parar na delegacia

Assessor de prefeito mantém festa de filho e vai parar na delegacia


Festa em comemoração ao aniversário do flho do assessor de gabinete acontecia na Loja Maçônica do município (Foto: divulgação/ promotoria pública)

O chefe de gabinete da Prefeitura de Nioaque, Agenor Barbosa Neto, 34 anos, foi detido por dar uma festa um dia depois que o prefeito Valdir Júnior (PSDB) anunciou decreto proibindo qualquer tipo de aglomeração para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid 19) no município. O caso aconteceu na noite de sábado (21).

Após receber denúncia, a promotora Mariana Sleiman Gomes, acionou a Polícia Civil e foi até a Loja Maçônica da cidade onde acontecia a festa em comemoração ao aniversário de 4 anos do filho de Agenor. Ao chegar ao local, a festa estava acabando, muitos convidados já haviam ido embora.

Sem oferecer resistência, Agenor foi levado à delegacia para prestar esclarecimento. Indagado, ele disse que sabia da existência do decreto, mas não podia cancelar a festa com cerca de 100 convidados.

Segundo a promotora, o fato teve grande repercussão na cidade por se tratar de pessoas próximas ao prefeito. A esposa de Agenor é enfermeira do município. “Como que uma pessoa que trabalha na área da saúde e um chefe de gabinete da prefeitura não cumprem o decreto do próprio prefeito?”, questionou.

O caso foi registrado como infração de medida sanitária preventiva. Agenor prestou esclarecimento, assinou termo de comparecimento (por se tratar de crime de menor potencial ofensivo) e foi liberado.  A reportagem entrou em contato com a prefeitura e aguarda retorno.

Conforme o decreto, anunciado na sexta-feira (20), ficam vedados a realização de eventos e cultos religiosos em igrejas , independente do número de pessoas. Assista, abaixo, ao vídeo dos convidados indo embora do local.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

Pagamento de servidores que ganham até R$ 2 mil está disponível para saque

Crédito: Edemir Rodrigues /Portal MS O pagamento integral de servidores estaduais que ganham até R$ ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.