Home / Mato Grosso do Sul / Assomasul vai distribuir 20 mil máscaras protetoras em MS

Assomasul vai distribuir 20 mil máscaras protetoras em MS


Foto: Reprodução/Divulgação

Preocupada com a situação de calamidade pública decorrente da pandemia do Covid-19 (novo coronavírus), a diretoria da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) vai distribuir 20 mil máscaras de proteção facial entre os municípios do Estado.

A ação é resultado de uma parceria institucional com o projeto Corona Vidas Hub Dourados/MS; a BPW Dourados-MS Brasil; Leilo Dom, Leilão Beneficente; Unigran; e Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS).

De acordo com o presidente da Assomasul e prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, a entidade custeou R$ 23 mil em insumos para a confecção de máscaras de acrílico produzidas em Dourados e que vão beneficiar profissionais na área de saúde e profissionais que atendem no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) dos municípios.

As unidades vão ser entregues num primeiro momento em hospitais, prontos socorros, equipes de saúde e CRAS.
A maior preocupação da diretoria da Assomasul e dos prefeitos é com o aumento dos casos de coronavírus no Estado. Apesar do apelo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e dos prefeitos em favor de um rigoroso isolamento social, Mato Grosso do Sul já tem 1.023 casos confirmados do Covid-19, segundo atualização da Secretaria de Estado de Saúde, nesta segunda-feira (25).

De acordo com a pasta, o Estado registra 8.321 notificações, 214 amostras em análise, 639 casos sem encerramento, 6.445 casos descartados e exatos 1.023 casos confirmados da doença. Até agora, 17 pessoas já morreram por coronavírus em MS.

Segundo o presidente da Assomasul, o uso das máscaras de proteção pelos profissionais de saúde salvará vidas preciosas, uma vez que evitará novas contaminações e o seu custo benefício é imediato para a sociedade e para as
finanças dos municípios.

A Assomasul tem se mobilizado desde quando surgiram os primeiros casos de coronavirus no Estado, adotando medidas restritivas e orientando os prefeitos na busca de solução para a crise na área de saúde pública que afetou diretamente as finanças municípios.

Além da suspensão temporária das aulas nas escolas municipais, a diretoria orientou cortes nas despesas das prefeituras e tem discutido com as autoridades estaduais e federais, por meio de videoconferências, alternativas viáveis visando à solução dos problemas. Foi graças a mobilizações e interferência da entidade juntamente com a CNM (Confederação Nacional de Municípios), a qual é filiada, que o presidente Jair Bolsonaro irá sancionar o auxílio financeiro no total de R$ 461 milhões para os municípios de MS. Desse total, os prefeitos terão R$ 40 milhões específicos para a saúde pública e R$ 421 milhões para livre aplicação.

PRODUÇÃO

O Corona Vidas é um coletivo de voluntários que trabalham em rede para conectar pessoas com objetivo de salvar vidas, cujo projeto nasceu em Feira de Santana (BA) e expandiu-se pelo país afora, passando a ter ações em 14 cidades nos estados da Bahia, Amazonas, São Paulo e Rio de Janeiro.

Em abril deste ano, iniciou-se a implantação do projeto e desenvolvimento do trabalho Corona Vidas – Hub Dourados-MS.

Os principais objetivos do Hub Dourados/MS serão a produção industrial de protetores faciais (Face Shields) utilizando a injeção de plástico, e a produção e divulgação de dados e informações que permitam sua melhor utilização e maior durabilidade.

Serão atendidos, prioritariamente, o setor de saúde, seguido dos setores de segurança, setor de limpeza, assistência social, educação e administrativo, particularmente de atendimento ao público.

Fonte: MS Noticias

Veja Também

Onça-pintada surpreende grupo de amigos durante passeio no Rio Paraguai

Grupo de amigos se surpreendeu durante passeio de barco com onça-pintada nadando no Rio Paraguai, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.