quinta-feira , 23 janeiro 2020
Home / Mundo / Aumenta número de mortos em decorrência dos incêndios na Austrália

Aumenta número de mortos em decorrência dos incêndios na Austrália


Imagem de satélite de região atingida por fogo na região de Bateman’s Bay, na Austrália — Foto: União Europeia/Copernicus/Via Reuters

A morte de uma terceira pessoa na quarta-feira (1) foi confirmada em decorrência de incêndios florestais da região sudeste da Austrália –com isso, o número de falecimentos confirmados chega a 15. A contagem deve aumentar, porque ainda há desaparecidos.

Colunas de fogo e fumaça enegreceram cidades inteiras na segunda (30) e terça-feira (31), e forçaram milhares de moradores e turistas a procurar abrigo nas praias.

Os incêndios florestais já destruíram mais de 4 milhões de hectares e novos incêndios são iniciados quase diariamente por condições extremamente quentes e ventosas e, mais recentemente, por raios provocados pelos próprios incêndios.

As condições mais frias da quarta-feira (1) deram ao país um momento para contar o custo dos incêndios, embora ainda existam mais de cem incêndios.

O corpo de um homem foi encontrado em um carro queimado no início da quarta-feira (1), na costa do estado de Nova Gales do Sul. As equipes de resgate demoraram para chegar aos locais mais atingidos. A polícia disse que o número de mortos aumentará.

“Infelizmente, a polícia confirmou mais três mortes como resultado dos incêndios na costa sul”, disse Gary Worboys, vice-comissário da polícia.

Avaliações preliminares apontam que quase 200 casas foram destruídas, mas advertiram que é uma estimativa antecipada.

No estado de Victoria, quatro pessoas continuam desaparecidas, disse o primeiro-ministro Daniel Andrews, depois de um forte incêndio em Gippsland, uma região rural a cerca de 500 quilômetros a leste de Melbourne.

Cerca de 4.000 pessoas na cidade de Mallacoota, em Victoria, foram para a orla após o corte da estrada principal.

Milhares de australianos permanecem isolados porque algumas estradas importantes foram fechadas.

Por Reuters

Veja Também

China bloqueia transporte entre cidades próximas ao centro da epidemia de coronavírus

Passageiros usam máscaras para evitar a contaminação pelo coronavírus em estação ferroviária de alta velocidade, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.