Home / Brasil / Bombeiros tentam localizar vítimas de caminhão que caiu em rio de João Monlevade

Bombeiros tentam localizar vítimas de caminhão que caiu em rio de João Monlevade

Bombeiros mergulhadores buscam vítimas de acidente com caminhão em João Monlevade — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros procuram nesta quinta-feira (14) por quatro pessoas que estavam no caminhão que caiu da Ponta Torta, na BR-381, e despencou dentro do Rio Piracicaba, em João Monlevade, na Região Central de Minas Gerais, na tarde desta quarta.

Bombeiros retomam resgate de ocupantes do caminhão que caiu em rio

Bombeiros retomam resgate de ocupantes do caminhão que caiu em rio

De acordo com os militares, o veículo está a 20 metros de profundidade e a visibilidade é praticamente nula dentro da água.

O caminhão foi localizado nesta quarta-feira (13), a área sinalizada com boias e um guincho acionado para auxiliar na estabilização e no arrastamento do caminhão.

Os quatro funcionários são da KC Abreu que alugava o caminhão da JKS Mineradora. Eles trabalhavam há 10 anos, três meses, dois meses e uma semana na empresa.

A KC Abreu disse que está dando suporte para a família. “Ontem dois caminhões saíram da usina de asfalto em Jaguaraçu. O que saiu primeiro não chegou e esse caminho não era o trajeto do destino final, Conceição de Piracicaba, que era pela BR-262. Quando o segundo caminhão chegou vimos que alguma coisa estava errada”.

Bombeiros retomam buscas por quatro vítimas de acidente em João Monlevade. — Foto: Flávia Cristini / TV Globo

Bombeiros retomam buscas por quatro vítimas de acidente em João Monlevade. — Foto: Flávia Cristini / TV Globo

Bombeiros tentam localizar desaparecidos de caminhão que caiu no Rio Piracicaba, em Minas Gerais — Foto: Flávia Cristini/TV Globo

Bombeiros tentam localizar desaparecidos de caminhão que caiu no Rio Piracicaba, em Minas Gerais — Foto: Flávia Cristini/TV Globo

O acidente

O acidente com o caminhão aconteceu na tarde desta desta quarta no mesmo local onde um ônibus caiu no dia 4 de dezembro e matou 19 pessoas.

Caminhão cai de ponte em João Monlevade

Caminhão cai de ponte em João Monlevade

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista perdeu o controle do caminhão e caiu no rio. Os bombeiros informaram ainda que o veículo pertence à JKS Mineradora. Testemunhas disseram que quatro funcionários saíram de Jaguaraçu, com destino a Conceição de Piracicaba, transportando asfalto. A empresa tentou contato com os funcionários, sem sucesso.

Segundo a PRF, a via estava liberada às 20h. Até a última atualização desta reportagem, o G1 não havia conseguido falar com a JKS Mineração.

Caminhão despenca de ponte na BR-381

Caminhão despenca de ponte na BR-381

Ponte Torta

Bombeiros buscam vítimas de acidente com caminhão na 'Ponte Torta', em João Monlevade — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Bombeiros buscam vítimas de acidente com caminhão na ‘Ponte Torta’, em João Monlevade — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgaçãohttps://d39a7c9160df5d12918df08d84f76e0d.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Para o especialista Luciano Araújo, coordenador do Movimento Nova 381, é impressionante um acidente tão similar em pouco espaço de tempo:

“Se a duplicação, que está atrasada, já tivesse saído neste trecho, certamente acidentes assim – em pista simples, e de uma ponte tão alta – poderiam ser evitados”, disse.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) afirmou que, apesar de a ponte possuir boas condições estruturais e de conservação, o departamento estuda ações de melhorias com sinalização e implantação de dispositivos de segurança.

Local em João Monlevade com dois graves acidentes em pouco mais de um mês. — Foto: G1

Local em João Monlevade com dois graves acidentes em pouco mais de um mês. — Foto: G1

Veja fotos do acidente com caminhão:

Caminhão caiu de viaduto em João Monlevade, nesta quarta-feira (13) — Foto: Reprodução/Redes sociais

Caminhão caiu de viaduto em João Monlevade, nesta quarta-feira (13) — Foto: Reprodução/Redes sociais

Caminhão caiu dentro do Rio Piracicaba na tarde desta quarta-feira (13).  — Foto: Reprodução/Redes sociais

Caminhão caiu dentro do Rio Piracicaba na tarde desta quarta-feira (13). — Foto: Reprodução/Redes sociais

Ponte Torta, em João Monlevade, teve dois graves acidentes em intervalo de um mês e meio. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Ponte Torta, em João Monlevade, teve dois graves acidentes em intervalo de um mês e meio. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Caminhão que caiu de ponte em João Monlevade ficou totalmente submerso no rio Piracicaba. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Caminhão que caiu de ponte em João Monlevade ficou totalmente submerso no rio Piracicaba. — Foto: Reprodução/Redes sociais

Resgate está sendo feito em João Monlevade na tarde desta quarta (13). — Foto: Redes sociais

Resgate está sendo feito em João Monlevade na tarde desta quarta (13). — Foto: Redes sociais

Acidente de ônibus

No dia 4 de dezembro de 2020, um ônibus caiu da ponte, deixando 19 mortos e mais de 25 pessoas feridas. Um mês após o acidente, a Polícia Civil ainda não havia concluído o inquérito. E ainda não concluiu até esta quarta (13). Segundo a polícia, as investigações ainda estão em andamento, e 20 pessoas já foram ouvidas.

Nesta quarta-feira, um homem de 33 anos continuava internado no Hospital de Pronto Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. De acordo com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), ele deve ter alta em breve.

O último ferido a ter alta foi um homem de 26 anos, que saiu do Hospital Margarida, em João Monlevade, na última semana, 34 dias após a tragédia. O rapaz mora em Delmiro Gouveia (AL) e, após a alta, voltou para a cidade de origem.

Ônibus cai de viaduto em João Monlevade — Foto: Reprodução/Redes sociais

Ônibus cai de viaduto em João Monlevade — Foto: Reprodução/Redes sociais

O ônibus da Localima Turismo partiu da zona rural de Mata Grande, em Alagoas, e seguia para São Paulo (SP). Na altura do km 350 da BR-381, no trecho conhecido como “Ponte Torta”, o veículo caiu do viaduto de uma altura de cerca de 35 metros.

O ônibus já havia sido autuado por transporte irregular de passageiros e, segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), não possuía autorização. O motorista sobreviveu ao pular do coletivo e se apresentou à polícia três dias depois do acidente.

A Localima Turismo emitiu uma nota, na época do acidente, na qual expressou pesar e tristeza pelas vítimas e afirmou estar à disposição para suporte “humano, digno, com compaixão e empatia”.

Por G1 Minas

Veja Também

Nova variante do coronavírus pode estar por trás de caos no Amazonas, dizem pesquisadores

Pesquisadores no Brasil acreditam que a nova variante do coronavírus identificada no Amazonas pode estar ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.