Home / Mundo / Brasil investiga 11 casos suspeitos de coronavírus

Brasil investiga 11 casos suspeitos de coronavírus

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (12) que 11 casos suspeitos do novo coronavírus são investigados no Brasil. Desde o começo dos alertas, o Brasil já descartou 33 casos suspeitos. Nenhum foi confirmado.

Dos casos atualmente sob investigação, seis estão em São Paulo, dois no Rio de Janeiro, e os seguintes estados todos têm uma suspeita: Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais.

O Ministério também divulgou que dos 44 casos suspeitos, até agora, 24 são homens e 20 mulheres; 42 destas pessoas estiveram na China e, apenas 3 delas, estiveram em Wuhan, epicentro do surto. A média de idade destas pessoas é de 27,4 anos, sendo que a pessoa mais velha com suspeita tem 64 anos.

Ciclo do novo coronavírus - transmissão e sintomas — Foto: Aparecido Gonçalves/Arte G1

Ciclo do novo coronavírus – transmissão e sintomas — Foto: Aparecido Gonçalves/Arte G1

Planos de contingências dos Estados.

O Ministério da Saúde informou que solicitou aos Estados que enviassem planos de contingência do vírus até a última segunda-feira (10). Os secretários de saúde pediram prorrogação para a entrega, que termina nesta quarta-feira (12) à noite. Segundo o Ministério faltam somente 5 planos de contingência, que esperam chegar dentro do prazo.

O Ministério informou, ainda, que São Paulo representa a maior preocupação e maior número de suspeitos sobre o vírus, pois é a área com maior número de casos de síndrome gripal por conta do clima e, em números absolutos, por conta da população. O ministério aponta, também, o maior número de suspeitos no estado em razão do alto fluxo de pessoas.

Destaques sobre o vírus nesta quarta-feira

  • Reino Unido confirma nono caso no país e primeiro em Londres
  • 39 passageiros de um cruzeiro foram diagnosticados com Covid-19.
  • 4.740 pessoas receberam alta dos hospitais chineses após recuperação.

Por Brenda Ortiz e Marcelo Valadares, G1

Veja Também

Ataque contra igreja evangélica deixa ao menos 24 mortos em Burkina Faso

Deslocados, que fugiram de ataques de militantes armados na cidade de Roffenega, armam tenda em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.