Home / Mato Grosso do Sul / Calor em MS pode chegar aos 40°C no fim de semana, aponta Inmet

Calor em MS pode chegar aos 40°C no fim de semana, aponta Inmet

 

Céu em Campo Grande na manhã desta sexta-feira. (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)
Céu em Campo Grande na manhã desta sexta-feira. (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

 

Altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar deverão marcar o fim de semana em Mato Grosso do Sul. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os termômetros podem chegar aos 40°C no domingo (15). Não há previsão de chuva para os próximos quatro dias, segundo o instituto.

Para esta sexta-feira (13), o Inmet alerta para a umidade relativa do ar em torno dos 20%, índice considerado estado de alerta, o segundo mais grave definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), atrás apenas do estado de emergência (abaixo de 12%).

Por isso, a OMS orienta que os exercícios físicos e trabalhos ao ar livre não sejam feitos entre às 10h (de MS) e 16h, além de evitar aglomerações em ambientes fechados. Utilizar soro fisiológico no nariz e olhos é outra recomendação para enfrentar o tempo seco.

Em Campo Grande, o céu deve ficar claro, com predominância de sol e névoa seca. A temperatura máxima pode chegar aos 35°C e a umidade relativa do ar deve ficar em torno dos 45%.

Em Dourados, região sul, o céu deve ficar claro com sol entre poucas nuvens. Os termômetros ficam entre 18°C e 34°C. Na região oeste, em Corumbá, a máxima pode chegar ao 38°C e a umidade fica em torno dos 40%.

No sábado (14), mais calor. As temperaturas podem subir mais e chegar aos 39°C. No domingo (15), há possibilidade de pancadas de chuva para algumas regiões do estado, principalmente no oeste e sul, regiões em que o céu deverá ser parcialmente nublado. No dia,  máxima pode chegar aos 40°C em Mato Grosso do Sul. A partir da segunda-feira (16), o clima deve começar a mudar com possibilidades de chuva.

 

Fonte: G1 MS

Veja Também

Empresário morre em acidente com clube de moto em MS horas após postar: ‘Domingão abençoado, bora rodar’

Gustavo Leite, empresário de Anastácio e Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande, morreu na ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.