quarta-feira , 21 outubro 2020
Home / Campo Grande / Campo Grande pode ter tempestade com granizo e ventos de até 50 km/h, diz previsão

Campo Grande pode ter tempestade com granizo e ventos de até 50 km/h, diz previsão


(Foto: Luiz Guilherme Alves Pessoa/ Nova News)

A tempestade se aproxima de Campo Grande nesta quarta-feira (14), conforme a meteorologia. A chuva rápida, mas intensa, pode vir acompanhada de raios, ventos de até 50 quilômetros por hora e queda de granizo. O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), faz recomendações à população, para proteção em caso de tempestades.

O meteorologista Natálio Abraão, da Uniderp Anhanguera, explica que há um centro de baixa pressão no Paraguai, que associado ao corredor de umidade da Amazônia, acaba formando as áreas de instabilidade em Mato Grosso do Sul.

“O corredor de umidade da Amazônia, associado a esse centro de baixa pressão, vai permitir a formação de nuvens mais carregadas com possibilidade de pancadas de chuvas no centro–sul do Estado, entre Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, incluindo Amambai”, explica o meteorologista.

Dessa forma, as pancadas de chuva devem ocorrer no fim da tarde e começo da noite, acompanhadas de trovoadas, rajadas de ventos que devem ultrapassar os 50 km/h e descargas elétricas.

“Isso significa que essas áreas devem seguir pelo menos até esta quinta-feira, com possibilidade de se espalhar por todo o Estado, ai teremos a regiões de Aquidauana, Miranda, Bodoquena, Corumbá e Ladário com grandes chances de pancadas de chuva mais significativas”, destaca.

Já na sexta-feira, a tendência é que essas áreas de instabilidade fiquem mais restritas na região sul. “Mas não descartamos chuvas isoladas em Campo Grande, Terenos e também em Sidrolândia na sexta”, finaliza.

Recomendações

Em caso de ventos fortes: não estacionar embaixo de árvores, placas de propaganda e torres de transmissão, pois há risco de queda. Em caso de chuvas fortes: jamais permita que alguém suba nos telhados após a chuva, há risco de queda; não enfrente pontos de alagamentos ou enxurradas temporárias, procure rotas alternativas; se estiver no trânsito, procure lugar seguro e espere a chuva passar. Caso não conseguir, dirija sempre devagar, acenda farol baixo, mantenha distância de veículos a sua frente.

Em caso de raios: evite estar em local aberto; não se abrigue embaixo de árvores; não esteja próximo a cercas de metal; esteja calçado; desligue eletroeletrônicos da tomada; não fique em pontos altos como morros ou topos de prédios; não se abrigue embaixo de estruturas metálicas. Em caso de granizo: colocar papelão para forrar por dentro o para-brisa do carro. Isso evita que, em caso ocorra quebra do vidro por granizo, os cacos machuquem ocupantes. Após a chuva de granizo, o piso fica escorregadio, recomenda-se cuidado ao se deslocar.

Por: Dayene Paz / Midiamax

Veja Também

Com procura abaixo dos 30%, particulares retomam aulas do Ensino Médio em Campo Grande

O Colégio Adventista recebeu menos de 30% da capacidade de alunos do Ensino Médio. (Foto: ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.