Home / Campo Grande / Capital atinge bandeira cinza e vai ter de fechar

Capital atinge bandeira cinza e vai ter de fechar

Unidade de saúde lotada em Campo Grande, com fila para testes. (Foto: Marcos Maluf)
CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Campo Grande entrou na “bandeira cinza” e terá que fechar todas as atividades não essenciais a partir de amanhã, dia 11, até 24 de junho, como shoppings, bares e restaurantes. No início da semana, a cidade havia recebido a classificação vermelha, mas o governo estadual revisou os parâmetros durante a noite de ontem e reenquadrou a Capital. A medida foi tomada porque todas as macrorregiões do Estado tem mais  de 90% dos leitos ocupados.

O novo mapa do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia), divulgado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, mostra 43 municípios de Mato Grosso do Sul com a bandeira mais restritiva, com alerta de risco extremo para a covid-19. Nessa lista, entra também Dourados, que já comemorava a redução no risco, mas também foi reenquadrada.

É o pior mapa do Prosseguir até agora. Outros 29 municípios tem bandeira vermelha. Estão em situação mais tranquila 7 cidades com classificação laranja: Paranhos, Glória de Dourados, Caracol, Jateí, Taquarussu, Rio Negro e Paraíso das Águas.

Veja qual a bandeira de cada município:

Decreto do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também publicado nesta quinta-feira torna o Prosseguir obrigatório. Antes, era apenas uma recomendação

“Os municípios deverão adotar, no âmbito de seus territórios, as recomendações emitidas pelo Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia (PROSSEGUIR), as quais terão caráter vinculativo e deverão ser fixadas em consonância com as bases e as diretrizes constantes do Decreto Estadual nº 15.462, de 25 de junho de 2020, que cria o referido Programa, e demais normativos que regem a matéria”

Mas existe uma brecha para burlar o decreto. Conforme o documento, os municípios que não adotarem as recomendações a que se refere deverão apresentar as “justificativas técnicas” para o descumprimento perante a Secretaria de Estado de Saúde, que procederá a sua avaliação.

Em Dourados, quando a bandeira cinza passou a valer, a prefeitura determinou o fechamento de todos os setores não essenciais por 14 dias.

Bandeira cinza – Os municípios com bandeira cinza tem de retomar o toque de recolher a partir de 20 horas. Na lista de liberações para funcionamentos estão 51 atividades permitidas. Mas as regras estão bem distantes do que seria um “lockdown”, com academias e igrejas liberadas.

Por Aline dos Santos – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

Confira a escala médica de plantão nas Upas e Crss em Campo Grande

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, divulgou na manhã deste sábado (12), a lista de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.