Home / Curiosidades / Cirurgiões chineses fazem crescer ‘nariz’ artificial na testa de paciente

Cirurgiões chineses fazem crescer ‘nariz’ artificial na testa de paciente

 

Xiaolian se prepara para o transplante do novo órgão, que cresceu na sua testa a partir do implante de um expansor de tecido e com pedaço de cartilagem da costela. (Foto: Reuters/Stringer)
Xiaolian se prepara para o transplante do novo órgão, que cresceu na sua testa a partir do implante de um expansor de tecido e com pedaço de cartilagem da costela. (Foto: Reuters/Stringer)

 

Cirurgiões chineses fizeram crescer um ‘nariz’ artificial na testa de um paciente. O ‘órgão’, construído com cartilagem retirada da costela do próprio paciente, será transplantado para substituir o nariz danificado por uma infecção.

Médico examina nariz de paciente, cuja cartilagem foi corroída por uma infecção não tratada. (Foto: Reuters/Stringer)
Médico examina nariz de paciente, cuja cartilagem
foi corroída por uma infecção não tratada. (Foto:
Reuters/Stringer)

O paciente Xiaolian, de 22 anos, sofreu um acidente de carro em agosto do ano passado, quando teve um trauma no nariz. Depois de vários meses, a infecção, que não foi tratada adequadamente, corroeu grande parte da cartilagem do nariz, tornando a reparação impossível para os cirurgiões.

A equipe do hospital na cidade de Fuzhou, na província de Fujian, decidiu, então, construir um nariz artificial para substituir o original. Isso foi possível graças ao implante de um expansor de tecido da pele no formato de um nariz na testa de Xiaolian. Cartilagem retirada da costela do paciente também foi utilizada na construção do órgão artificial.

Cirurgiões afirmam que o nariz tem um bom formato e que a cirurgia de transplante pode ser realizada em breve, segundo relatos da mídia local.

 

Da Reuters

Veja Também

Burger King muda seu logo e identidade visual após 20 anos

Burger King: nova identidade visual é mais “apetitosa”, diz a empresa (Burger King/Divulgação) Depois de mais ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.