sexta-feira , 27 novembro 2020
Home / Campo Grande / Condenada a 12 anos por matar ex-marido, mulher é presa no Jardim Los Angeles

Condenada a 12 anos por matar ex-marido, mulher é presa no Jardim Los Angeles

Vagner Pinheiro Vargas tinha 29 anos quando foi assassinado, em 2013 (Foto: Divulgação)
CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Acusada de matar o ex-marido, Josiane Ferreira da Cruz, de 28 anos, foi presa na manhã de ontem (21), em Campo Grande, dois anos após ser condenada a12 anos de prisão pelo crime. O mandado foi cumprido por policiais civis do GOI (Grupo de Operações e Investigações).

O julgamento pela morte do vendedor Vagner Pinheiro Vargas foi realizado em outubro de 2018.Na ocasião, como Josiane respondia em liberdade, sua prisão não foi decretada de imediato, mesmo sendo em regime fechado, tendo ficado em liberdade durante o período em que a defesa tentou recorrer da sentença.

Josiane foi presa em residência do Jardim Los Angeles, região sul de Campo Grande. Conforme informações da Polícia Civil, os agentes foram informados de que a autora estaria na região e buscas foram realizadas no bairro. Após ser localizada, a mulher foi encaminhada a 2° Delegacia de Polícia de Campo Grande.

O caso – Vagner foi assassinado no dia 4 de outubro de 2013, em Dourados, a 233 quilômetros da Capital.

Vendedor de uma loja de ferramentas de Dourados, Vagner Pinheiro Vargas não aceitava o fim do relacionamento com Josiane e mesmo cinco meses após a separação insistia em reatar o casamento.

No dia 4 de outubro de 2013, ele desapareceu após deixar o local de trabalho. O corpo em estado de decomposição foi encontrado duas semanas depois no local conhecido como Travessão do Tucano, no distrito de Indápolis.

A perícia constatou que Vagner foi espancado, teve o maxilar fraturado e foi morto com um tiro nas costas. Após inquérito da Polícia Civil, Josiane e um homem apontado como seu companheiro, foram denunciados pelo Ministério Público.

Em julgamento, no dia 17 de outubro de 2018, Josiane foi condenada a 12 anos de prisão em regime fechado, enquanto o homem, suspeito de participação, foi absolvido.

Por Liniker Ribeiro – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

Capital retoma toque de recolher de 0h às 5h

Guarda municipal durante abordagem em outubro, quando vigorava o toque de recolher. (Foto: Arquivo) – ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.