Home / Mundo / CORONAVÍRUS: ADOLESCENTE MORRE SOZINHO EM CASA APÓS PAI SER COLOCADO EM QUARENTENA

CORONAVÍRUS: ADOLESCENTE MORRE SOZINHO EM CASA APÓS PAI SER COLOCADO EM QUARENTENA


A morte de Yan Cheng repercutiu nas redes sociais e levou à demissão de duas autoridades na China Foto: Weibo

Um adolescente com paralisia cerebral morreu sozinho em casa depois que seu pai — e único cuidador — foi colocado em quarentena por suspeita de coronavírus na China.

Yan Cheng, de 16 anos, foi encontrado morto na quarta-feira, uma semana depois que seu pai e irmão foram isolados em um hospital de Huajiahe, na província de Hubei, epicentro do surto de coronavírus.

O garoto teria sido alimentado apenas duas vezes durante esse período, segundo a imprensa local.

A morte do jovem levou à demissão do secretário local do Partido Comunista e do prefeito da cidade de Huajiahe.

Ainda de acordo com a imprensa local, o pai do adolescente chegou a publicar um post na Weibo, rede social chinesa, pedindo ajuda e explicando que seu filho havia sido deixado sozinho em casa sem água ou comida.

A paralisia cerebral se refere a um grupo de condições que aparecem na primeira infância e afetam o movimento e a coordenação. Os sintomas variam e podem incluir tremores, rigidez ou fraqueza muscular, dificuldade de deglutição, problemas de visão, fala e audição. Os pacientes com paralisia cerebral podem ser severamente incapacitados.

Irreconhecível. O surto do novo coronavírus deixou a capital chinesa com ares de cidade fantasma Foto: Carlos Garcia Rawlins / Reuters

Irreconhecível. O surto do novo coronavírus deixou a capital chinesa com ares de cidade fantasma Foto: Carlos Garcia Rawlins / Reuters
Pessoas com máscaras chegam à estação de trem BTS Sky, em Bangcoc, na Tailândia. País detectou oito casos de coronavírus até esta segunda-feira (27). Foto: MLADEN ANTONOV / AFP

Pessoas com máscaras chegam à estação de trem BTS Sky, em Bangcoc, na Tailândia. País detectou oito casos de coronavírus até esta segunda-feira (27). Foto: MLADEN ANTONOV / AFP

As autoridades anunciaram que seria aberto um inquérito para investigar o caso.

Até agora, 425 pessoas morreram em decorrência do coronavírus na China — e mais de 20 mil casos da doença foram confirmados no país.

Há ainda 150 pessoas infectadas em outros 24 países, e uma morte foi registrada nas Filipinas.

No Brasil, há 14 casos suspeitos, mas nenhum confirmado.

O número de casos registrados em todo o mundo superou o da epidemia da síndrome respiratória aguda grave (Sars), que infectou 8,1 mil pessoas em 2003.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que é provável que o número de casos aumente ainda mais, e as autoridades chinesas estão introduzindo uma série de medidas para tentar impedir a propagação do vírus.

Fonte: Época / BBC News Brasil

Veja Também

Ataque contra igreja evangélica deixa ao menos 24 mortos em Burkina Faso

Deslocados, que fugiram de ataques de militantes armados na cidade de Roffenega, armam tenda em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.