sexta-feira , 7 agosto 2020
Home / Campo Grande / Dengue hemorrágica mata contador em Campo Grande

Dengue hemorrágica mata contador em Campo Grande


Crédito: André de Abreu

O contador Geverson Camelo dos Santos, 30 anos, morreu na noite deste domingo (12), vítima de dengue hemorrágica.

Morador do Nova Campo Grande, região oeste da Capital, ele estava em tratamento contra dengue comum e, na última semana, teve convulsões e sangramentos intensos.

A esposa dele, que não quis se identificar, disse que há duas semanas o marido apresentou sintomas de dengue, ficou internado e estava tratando em hospital particular. Os médicos diagnosticaram como se fosse a doença comum. 

Geverson foi liberado e, na semana passada, teve uma grave convulsão na residência. A esposa acionou o Corpo de Bombeiros e ele foi encaminhado novamente ao hospital, mas em situação mais grave e expelindo sangue pela boca. Um exame específico apontou a dengue hemorrágica, mas já era tarde. 

O contador não resistiu à doença e entrou em óbito ontem. A família está arrasada.

A viúva fez um alerta para que as pessoas tomem consciência e parem de jogar lixo em terrenos. Ela disse que, próximo ao imóvel onde mora, existem diversos terrenos baldios e que a vizinhança sempre fazia mutirão de limpeza, mas pela insistência das pessoas em jogar lixo, eles se cansaram e desistiram.

O velório de Geverson está ocorrendo no cemitério Memorial Park, onde será sepultado. Ele deixa esposa e uma filha de um ano e meio. 

“Pai maravilhoso, bom marido, responsável e preocupado com todos”, disse a viúva.

Por Rayani Santa Cruz e Willian Leite

Veja Também

Capital volta a ter número alto de mortes e MS supera 500 internados por covid

Profissionais preparam testes em drive do Corpo de Bombeiros, em Campo Grande. (Foto: Kisie Ainoã)CREDITO: ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.