Home / Campo Grande / Em vídeo, motociclista provoca PM e chama policiais para um “pega”

Em vídeo, motociclista provoca PM e chama policiais para um “pega”

Não eram só nos encontros de “radadadan” que os motociclistas que foram presos durante operação da Polícia Militar, no Bairro Paraíso do Lageado, no final de semana gostavam de se exibir. Em vídeo compartilhado pelo WhatsApp, um dos motociclistas provoca os policiais e os “convida” para um “pega-pega” aos participantes das competições, que eram marcadas por manobras arriscadas e muito barulho.

A gravação, inclusive, foi o estopim para operação do último sábado (27) que terminou com vinte pessoas detidas e veículos apreendidos. No vídeo adquirido pela reportagem, um homem chama os policiais de “bigode grosso” e “bota preta”.

“Opa, uma boa tarde para os ‘bigode grosso’ da parte dos ‘bota preta’, dos ruins de volante. Estou aqui fazendo um convite para vocês trazerem a chaleira de vocês ai, esquenta, esquenta para brincar com nós de pega-pega aqui”, incita o rapaz ao chamar os policiais para perseguirem o grupo.

O motociclista insiste nas provocações. “Se quiser também chamar uns parceirinho, a ‘VT’ podem vir também. Os ‘moleque é tacão’, é só macho, ninguém pega os moleques, pode vim”, completa o homem no vídeo.

Conforme apurado pela reportagem a filmagem começou a ser compartilhada nos grupos de WhatsApp, cerca de uma semana antes da operação. Ao terem acesso a gravação, os policiais da 6ª Companhia da Polícia Militar intensificaram a fiscalização na região até flagrarem o grupo, na tarde do último sábado (27). O autor do vídeo não foi identificado.

Um caminhão foi usado para recolher as motocicletas e levá-las ao pátio do Detran no dia da operação. A maior parte dos veículos estava com documento irregular. Desde então conforme o batalhão, não foram realizados mais encontros de manobras arriscadas pelo bairro.

Por Adriano Fernandes – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

“Cara do sertanejo” na Capital, morre de covid o promotor Gilson Braúna

Gilson Braúna era promoter de festas e violadas de sertanejo em Campo Grande (Foto: Arquivo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.