terça-feira , 22 setembro 2020
Home / Mato Grosso do Sul / Estudantes apostam em ascensão da classe C para redação do Enem

Estudantes apostam em ascensão da classe C para redação do Enem

 

Está chegando a tão esperada hora para mais de 147 mil candidatos em Mato Grosso do Sul. Neste final de semana serão aplicadas as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médo), utilizado para ingresso de estudantes em universidades publicas e como pré-requisito para acesso ao Fies e ProUni.

Uma das principais preocupações dos estudantes é com a redação, que vale nada mais nada menos do que 1.000 pontos e em algumas faculdades públicas podem ter o peso três para todos seus cursos de graduação, assim sendo fator decisivos para muitas vagas.

Poucos dias antes do Enem, estudantes aproveitam aulas para tirar dúvidas (Foto: Helton Verão)

 

Estar a par do tema escolhido para a prova é essencial para um bom texto, alunos de cursinhos e ensino médio da Capital tem opiniões semelhantes em suas apostas.

“Já abordaram por muitas vezes questões ambientais, creio que neste ano irão abordar a questão da ascensão da classe C, é um assunto que está em alta”, aposta o aluno de 17 anos do 3º do ensino médio, Caio Vilas Boas.

O adolescente sonha com o curso de Medicina na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), para isso estuda integralmente e ao chegar em casa, mais 2 a 3 horas de estudos.

Outro colega da mesma escola, lembrou também sobre a frequência da abordagem a assuntos relacionados ao meio ambiente e crê na questão social. “A nova classe média está sendo muito falada, não se pode descartar também os temas mais filosóficos. Geralmente é um assunto que esteja muito falado na mídia”, prevê Bruno Ribeiro Prado, de 17 anos.

Matheus prefere estudar apenas a base de livros, revistas e jornais, evita o uso da internet para não perder a concentração (Foto: Helton Verão)

O jovem sonha com o curso de Engenharia Elétrica em alguma universidade do Paraná. Ambos alunos participavam de um “aulão” de preparação para o exame.

Outro candidato se prepara para o Enem visando seu segundo curso de graduação, o “experiente” Matheus Valiente, de 20 anos, já está no terceiro ano de Administração na UFMS, e pretende ingressar no curso de Engenharia Civil para complementar sua formação.

“Já caiu algumas vezes algo relacionado ao meio ambiente, tem a questão social, mas não se pode apostar nos “achismos”, tem que estar preparado para o tema que for, então estude tudo” recomenda Valiente.

A ideia do acadêmico é ingressar em Engenharia Civil e caso aconteça transferir o curso de Administração para outra faculdade no período noturno. Segundo ele, concluir o curso de engenharia é ideal para as exigências do mercado de trabalho. Ele espera acertar cerca de 80% da prova para conseguir a aprovação.

A dica dos professores nos cursinhos, escolas e “aulões” é de escrever o rascunho da redação primeiro, sem ler o conteúdo do restante da prova, para que se concentre somente na redação. Assim que terminar o rascunho, transcreva no cartão de respostas e dê prosseguimento ao exame.

Em Mato Grosso do Sul estão inscritos 147,8 mil alunos para a prova que será realizada nos dias 3 e 4 de novembro. A apresentação do cartão de confirmação é obrigatória para a realização das provas, assim como documento oficial com foto. A confirmação contém as informações pessoais, o número da inscrição, data, hora e local onde o candidato fará a prova.

A avaliação ocorrerá em dois dias. Os portões serão abertos às 11h e fechados ao meio-dia pelo horário de Mato Grosso do Sul. No primeiro dia de prova, os estudantes terão 4h30 para responder questões sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No domingo serão 5h30 para questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias.

O gabarito do Exame será divulgado no dia 7 de novembro e o resultado, no dia 28 de novembro.


Por: Helton Verão - CG News

Veja Também

Operação em MS e mais 16 estados mira desmatamento na Mata Atlântica

Área do bioma em Mato Grosso do Sul que pode ser fiscalizada (Foto/Divulgação)CREDITO: CAMPO GRANDE ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.