sexta-feira , 27 novembro 2020
Home / Tecnologia / Ciência / Facebook é a nova empresa a investir em jogos por streaming

Facebook é a nova empresa a investir em jogos por streaming

O Facebook começou a oferecer jogos por streaming pela sua rede social. A tecnologia permite acesso a títulos mais complexos e que demandam uma máquina potente, mas cujo processamento acontece em um computador remoto na nuvem.

Contudo, a proposta do Facebook é diferente de plataformas como o Google Stadia e o xCloud, da Microsoft. “Estamos trabalhando com jogos gratuitos, jogos que toleram uma latência maior, pelo menos, no começo”, explica Jason Rubin, vice-presidente da companhia para o setor de games, em entrevista ao The Verge.

Ele explica que o modelo não busca oferecer jogos em 4K e alta taxa de atualização, nem mesmo cobrar do jogador para acessar a tecnologia. Na prática, para o usuário não muda muita coisa. Apenas será preciso clicar no jogo e começar a se divertir, como acontece hoje nos títulos feitos em HTML 5.

Contudo, ao usar o processamento em nuvem, o Facebook pode passar a colocar, na rede social, games mais complexos que os que rodam apenas em navegadores. Os testes beta serão feitos somente com o jogo de corrida Asphalt 9 e o RPG Mobile Legends: Adventure.

Por enquanto, aponta Rubin, a tecnologia será testada somente nos Estados Unidos e em algumas cidades específicas. Além disso, os testes acontecerão apenas no Android e em navegadores — o iOS ficou de fora, mas é possível usar navegadores.

A empresa também quer permitir que os jogadores escolham baixar o game, caso tenham um aparelho potente para rodá-lo. Se optarem por isso, todo progresso será mantido na versão local.

Google, Amazon e Microsoft já perceberam que somente ter uma boa plataforma para games não é suficiente para garantir uma base instalada. Ou seja, o Facebook precisa convencer os desenvolvedores a publicarem em seu sistema.

“O que eu acho que vai acontecer: quando a plataforma tiver uma base instalada grande, os desenvolvedores vão pensar ‘eu acho que devemos adicionar umas mecânicas para tirar vantagem disso’. Vamos ver jogos se dando muito bem aqui e os desenvolvedores vão dizer: ‘tá aí uma ideia, devemos seguir este caminho’. Acho que a exclusividade vai rolar, mas isso não é algo de que precisamos”, aponta o executivo.

Fonte: Canaltech

Veja Também

Record TV é hackeada

A Record TV de São Paulo sofreu um ataque hacker neste sábado (31). O ataque, caracterizado como ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.