Home / Mato Grosso do Sul / Fogo alto e fumaça densa assustam e moradores deixam casas em cidade de MS

Fogo alto e fumaça densa assustam e moradores deixam casas em cidade de MS

Incêndio que começou na quinta-feira (19), na zona rural de Bela Vista, a 322 quilômetros de Campo Grande, avançou nos últimos dias e chegou neste domingo, até a área urbana da cidade, atingindo os fundos do quartel do Exército. A densa fumaça preta pode ser vista de longe.

Os focos começaram na região da Aldeia Piraquá e, desde quinta-feira, avançaram, chegando nas chácaras próximos da saída de Caracol. Segundo informações do site BV News, hoje, as chamas atingiram o distrito de Nossa Senhora de Fátima e região do Aeroporto Municipal, que abrange área nos fundos do quartel do Exército.

As imagens feitas pelo BVNews, mostram a densa fumaça preta, que invade a Avenida Duque de Caxias, jogando para os bairros Antônio João, Serradinho e Cohab.

Além da equipe de Jardim, militares do Corpo de Bombeiros de Campo Grande, da PMA (Polícia Militar Ambiental) e os do quartel estão auxiliando no combate às chamas.

O coronel Bernardo Correa Neto, do 10ª Regimento de Cavalaria Mecanizada disse que, embora as chamas ainda não tenham sido extintas, o fogo está sob controle e não deve atingir o paiol do Exército, onde está guardado o armamento e outros equipamentos.

A fumaça é decorrente do fogo que atingiu os pneus no stand de tiros. Os moradores do entorno foram orientados a saírem de casa, para evitar intoxicação.

Há dias, a cidade sofre com o tempo seco e calor superior aos 35ºC. Não há previsão de chuva para os próximos dias.

Por Silvia Frias / Campo Grande News

Veja Também

Após alerta local, SES também chama atenção surto da doença “mão-pé-boca” em MS

A Secretaria de Estado de Saúde divulgou um alerta aos pais sobre a ocorrência de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.