Home / Campo Grande / Funcionários denunciam gerente de banco por humilhações e cobrança abusiva

Funcionários denunciam gerente de banco por humilhações e cobrança abusiva

Em nome de pelo menos dez funcionários da agência Bradesco da Rua Dom Aquino, em Campo Grande, o sindicato da categoria organiza protesto denunciando caso de assédio moral cometido pelo gerente geral.

Uma faixa com os dizeres “gerente geral assediador, aqui tem!” foi afixada em frente da agência. Esta é a segunda vez que o gerente geral desta unidade é denunciado por conta da pressão exercida sobre a equipe.

De acordo com a diretora do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Leila Oliveira, foram recebidas denúncias de 10 dos 16 membros da equipe. Na lista, cobrança de metas abusivas, fora da média estipulada pelo banco, sobrecarga de trabalho, humilhações constantes, imposição de horários injustificados e contestar, a todo o momento, as decisões dos funcionários.

“Esse problema é recorrente, o banco já tinha dado uma chance antes”, disse Leila. No dia 8 de maio de 2018, o sindicato havia feito protesto por conta do mesmo problema e, na ocasião, foi dada oportunidade para que o gerente geral mudasse de atitude.

As denúncias fizeram com que o gerente regional viesse a Campo Grande para reunião hoje na agência. Os dirigentes sindicais vão retardar o atendimento ao público em uma hora, sendo previsto para começar às 12h.

Segundo o sindicato, essa segunda tentativa é para evitar que a denúncia seja formalizada no MPT (Ministério Público do Trabalho) e para não prejudicar em longo prazo o funcionário.

Na agência, o gerente citado no protesto não quis se manifestar. A reportagem entrou em contato com assessoria do Bradesco e aguarda retorno.

Por: Silvia Frias e Mirian Machado / Campo Grande News

Veja Também

Moradores denunciam envenenamento de gatos em bairro de Campo Grande

Reprodução, Facebook Moradores do bairro Maria Aparecida Pedrossian, em Campo Grande, denunciaram a ação de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.