segunda-feira , 21 setembro 2020
Home / Mato Grosso do Sul / Garota que teve bebê em escola em Sidrolândia se torna símbolo do Enem 2012

Garota que teve bebê em escola em Sidrolândia se torna símbolo do Enem 2012

 

A jovem Pamela Oliveira Lescano, de 17 anos que teve o bebê neste domingo (4) no banheiro da escola Estadual Catarina de Abreu em Sidrolândia, quando fazia as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) virou símbolo do Enem 2012 e terá a oportunidade de fazer as provas novamente.

Adolescente após ter realizado o parto na escola – Sidrolândia News

No domingo (4), em entrevista coletiva após o término do segundo dia de exames do Enem, o ministro Aloízio Mercadante relatou o caso da candidata sul-mato-grossense e informou que ela terá direito a fazer novamente o Enem, conforme prevê o edital.

Mercadante também reconheceu que o exemplo da estudante representa o nível de dedicação e empenho dos quatro milhões de candidatos. “Ela é o próprio símbolo desse Enem, e ela mostra também um nível de dedicação e esforço de uma parcela importante desses mais quatro milhões de brasileiros, do que o Enem representa em termos de oportunidade na vida deles”.

A adolescente foi para o segundo dia das provas do Enem quando sentiu fortes dores e se dirigiu ao banheiro às 11h15 deste domingo. Por volta das 11h45 nasceu a criança, ajudada por uma técnica de enfermagem que estava no colégio que prestou os primeiros atendimentos e enrolou a criança em um lençol. Mãe e filho foram socorridos por profissionais do serviço Móvel de Urgência (Samu).

Garota não sabia da gravidez

A jovem afirmou que não sabia da gravidez. Ela mora com familiares no Assentamento Eldorado no lote 52, e disse que o nome do bebê, será uma homenagem ao seu irmão e o nome de Everton.

A adolescente P.O.L e o filho Everton, um menino que pesou 3.050Kg, foram levados para o Hospital Dona Elmiria Silvério Barbosa e passam bem.

 

Com informações: Sidrolândia News/MidiaMax

 

 

Veja Também

Operação em MS e mais 16 estados mira desmatamento na Mata Atlântica

Área do bioma em Mato Grosso do Sul que pode ser fiscalizada (Foto/Divulgação)CREDITO: CAMPO GRANDE ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.