Home / Mato Grosso do Sul / Governo do Estado vai lançar edital de concessão de R$ 80 milhões para uso de energia solar

Governo do Estado vai lançar edital de concessão de R$ 80 milhões para uso de energia solar

Gerson Oliveira

O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, informou – na última quinta-feira (28) – que o Estado já fez a primeira audiência pública com a objetivo de fazer uma parceria público-privada, para investir em uma estrutura de energia solar em todos os órgãos.

De acordo com Verruck, o governo do Estado prepara um edital de concessão – no valor de R$ 80 milhões – para ser investido em placas fotovoltaicas pelos próximos 30 anos. 

Verruck disse, ainda, que o Estado terá uma economia de 30% nos custos energéticos. “

A melhor parte será a obrigatoriedade de certificar o crédito de carbono. Seremos um Estado ainda mais voltado para sustentabilidade”, avaliou Verruck.

Participante de todas as reuniões relacionadas ao Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), Jaime Verruck destacou que é crescente a demanda pelos equipamentos para a instalação da energia solar. 

Ele enfatizou que o Estado zerou as alíquotas de importação destes equipamentos e utensílios, justamente para agilizar a instalação e uso da energia solar.

Segundo Verruck, estes estímulos vão continuar até o fim deste ano. 

Isso porque, para 2023, novas regras – do governo federal – vão entrar em vigor. Uma delas será a cobrança de impostos. 

Verruck aproveitou a ocasião para mencionar que o projeto Ilumina Pantanal – que leva energia solar a populações isoladas no Estado – teve a segunda fase finalizada. 

Na primeira, foram beneficiadas 2.136 pessoas que até então não tinham energia e, na segunda, outras 900 – totalizando 3.036.

ELIAS LUZ

Por Correio do Estado

Veja Também

Empresário morre em acidente com clube de moto em MS horas após postar: ‘Domingão abençoado, bora rodar’

Gustavo Leite, empresário de Anastácio e Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande, morreu na ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.