Home / Mato Grosso do Sul / Governo prorroga até 30 de novembro proibição de queimadas controladas em MS

Governo prorroga até 30 de novembro proibição de queimadas controladas em MS

Resolução da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) prorroga até 30 de novembro a proibição de incêndios controlados em Mato Grosso do Sul.

“Essa proibição do uso do fogo acontece desde 2014 de 1º de agosto até 31 de outubro, para o Pantanal. Mas devido às condições climáticas: temperaturas altas, umidade relativa do ar baixa, ventos constantes e uma nova incidência, onda de incêndios a Semagro e o Ibama decidiram prorrogar”, explica o analista ambiental do Ibama, Alexandre Pereira. “Com essas condições climáticas não se tem controle do fogo”, resume.

A resolução prorrogando a proibição das queimadas foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (31) e leva em consideração que a “a ocorrência de incêndios florestais nesta época do ano provoca significativos efeitos negativos sobre os ecossistemas e à saúde humana”.

Pantanal

O Pantanal de Mato Grosso do Sul, entre Corumbá e Aquidauana, está em chamas desde o fim de semana. A linha de fogo se estende da BR-262 a pontos de difícil acesso mata a dentro. A primeira avaliação do Corpo de Bombeiros é de que ao menos 50 mil hectares de vegetação já tinha sido queimados.

Bombeiros e brigadistas trabalham no combate às chamas. Um avião do estado do Mato Grosso ajuda a controlar o fogo. Os municípios de Corumbá, Miranda e Aquidauana estão em situação de emergência desde setembro por causa dos incêndios.

Por G1 MS e TV Morena

Veja Também

Nas redes sociais, mães se solidarizam com secretária após filho ser morto a tiros em MS

“Quando uma mãe perde um filho, todas as outras sentem sua dor”, é a mensagem ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.