Home / Esportes / Honda se despede do Botafogo: “Também me decepcionei, sinto muito”

Honda se despede do Botafogo: “Também me decepcionei, sinto muito”

Keisuke Honda, enfim, quebrou o silêncio sobre o adeus ao Botafogo. O meia japonês se manifestou nesta quarta-feira pelas redes sociais para se despedir do clube. Em postagem no Twitter, o camisa 4 afirma que fica com um sentimento de que poderia ter rendido mais no Brasil e fez questão de agradecer todo o apoio que recebeu da torcida.

– No início, aceitei todas as suas críticas de que eu não poderia ter resultados. As críticas são naturais e não estou dando desculpas, eu também me decepcionei, eu sinto muito. Em segundo lugar, estou muito agradecido por tudo que vocês fizeram, foi uma ótima experiência e nunca vi e senti algo desse tamanho com os torcedores no aeroporto e no estádio quando cheguei. Tomei esta decisão por motivos pessoais e profissionais, mas estive muito feliz durante esta temporada. Eu também agradeço a todos os meus companheiros de equipe. Obrigado.

Reveja os três gols de Honda pelo Botafogo

Reveja os três gols de Honda pelo Botafogo

A carta de Honda na íntegra

“Tenho uma coisa que quero lhes contar diretamente. Como vocês sabem, vou sair do Botafogo.

No início, aceitei todas as suas críticas de que eu não poderia ter resultados. As críticas são naturais e não estou dando desculpas, eu também me decepcionei, eu sinto muito.

Em segundo lugar, estou muito agradecido por tudo que vocês fizeram, foi uma ótima experiência e nunca vi e senti algo desse tamanho com os torcedores no aeroporto e no estádio quando cheguei. Tomei esta decisão por motivos pessoais e profissionais, mas estive muito feliz durante esta temporada. Eu também agradeço a todos os meus companheiros de equipe. Obrigado.

Por último, mais uma vez, muito obrigado por tudo. Eu pessoalmente vou buscar uma oportunidade de continuar apoiando o clube como embaixador do Botafogo na Ásia.

Obrigado.”

Honda não é mais jogador do Botafogo — Foto: Marcos Ribolli

Honda não é mais jogador do Botafogo — Foto: Marcos Ribolli

O adeus de Honda

ge informou na última segunda-feira o divórcio entre Honda e Botafogo. Lesionado, o meia tem previsão de volta para fevereiro e decidiu exercer a cláusula de rescisão sem custos que valeu para ambos os lados durante o vínculo. Além do problema físico, o jogador alegou problemas familiares e uma proposta do futebol europeu, onde pretende jogar em 2021.

A decisão já havia sido comunicada ao departamento de futebol e ao presidente eleito Durcesio Mello. Agora, foi oficializada com as palavras do próprio jogador.

Honda transforma vidas com doações diárias
Honda transforma vidas com doações diárias

Honda ficou no Botafogo por pouco mais de nove meses e fez três gols em 27 jogos. O atleta deixa o clube com algumas boas atuações, mas sem ser o maestro que a torcida esperava. Os erros de planejamento do clube e os atritos internos com dirigentes e companheiros são parte do motivo.

Apesar da despedida, o japonês já declarou internamente que pretende seguir ligado ao clube e ao Brasil. Durante a passagem pelo Rio, Honda se destacou fora de campo pela interação com torcedores e a ajuda a projetos sociais.

Por Redação do ge

Veja Também

Anvisa pede expulsão de quatro jogadores da Argentina

Foto: Divulgação/ AFA A Anvisa acionou a Polícia Federal para que quatro jogadores da seleção de futebol ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.