Home / Esportes / Juninho Pernambucano pode ser suspenso por dois anos e ter carreira encerrada

Juninho Pernambucano pode ser suspenso por dois anos e ter carreira encerrada

 

Juninho Pernambucano pode ser suspenso por dois anos
(Fernando Soutello / Agif/Gazeta Press)

Os problemas extracampo do Vasco parecem não ter fim. Desta vez, a equipe pode perder o meia Juninho Pernambucano. O jogador descumpriu as regras do Código Mundial Antidopagem, será julgado pelo STJD [Superior Tribunal de Justiça Desportiva] e pode pegar uma suspensão de até dois anos.

Juninho havia sido sorteado para o exame antidoping na partida diante da Ponte Preta, no último dia 23, mas não se dirigiu diretamente para a sala de coleta, como havia sido orientado. O meia vascaíno passou primeiro no vestiário do estádio Moisés Lucarelli, o que é proibido.

Por isso, o jogador pode ser considerado culpado de ter infringido dois artigos do código: recusar-se ou não apresentar uma justificativa válida a submeter-se a coleta de amostra após notificado de acordo com as regras antidoping, e adulteração ou tentativa de alteração de qualquer componente de controle.

A punição para estas infrações variam de uma simples advertência ou até uma suspensão por dois anos. Se pegar a pena máxima, Juninho pode ser obrigado a encerrar sua carreira. Apesar de ser um dos destaques do Campeonato Brasileiro, o jogador está com 37 anos e já sinalizou que poderia parar ao fim da próxima temporada.

Além destas acusações, Juninho ainda será julgado em um caso paralelo, por infringir o artigo 258 do CBJD [Código Brasileiro de Justiça Desportiva ], por “assumir qualquer conduta contrária à ética desportiva”, que prevê suspensão de até seis partidas.

O julgamento do meia vascaíno acontecerá nesta sexta-feira (19), às 14h. Se for realmente suspenso por dois anos, o jogo desta quinta-feira (18), diante do Botafogo, pode ser o último de sua carreira.

Por também irem ao vestiário antes do exame antidoping, outros dois jogadores podem ser punidos por dois anos. O lateral-esquerdo Juan, do Santos, será julgado nesta quinta-feira (18), às 16h30, enquanto o goleiro Ricardo Berna, do Fluminense, também será ouvido às 14h desta sexta (19).

 

Fonte: R7

Veja Também

Anvisa pede expulsão de quatro jogadores da Argentina

Foto: Divulgação/ AFA A Anvisa acionou a Polícia Federal para que quatro jogadores da seleção de futebol ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.