Home / Mato Grosso do Sul / Mais um frigorífico interrompe as atividades em MS por conta do aumento de casos de coronavírus

Mais um frigorífico interrompe as atividades em MS por conta do aumento de casos de coronavírus


Frigorífico de MS — Foto: Reprodução/TV Morena

Mais um frigorífico em Mato Grosso do Sul decidiu interromper as atividades por conta do aumento de casos de covid-19. A Naturafrig Alimentos, com sede em Rochedo, a 83 kg de Campo Grande, suspendeu os trabalhos por 15 dias, a partir desta segunda-feira (29).

Em nota, a empresa diz que tomou a decisão por conta do aumento de casos da doença em Rochedo, que de acordo com o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES) chegou a 29 casos confirmados, Mato Grosso do Sul tem 7.676 e 75 mortes.

O frigorífico ainda afirmou que a medida é preventiva e que já operava com um plano de prevenção ao coronavírus com a adoção de medidas desde o início da pandemia, como cumprimento do distanciamento social, mudança de horários dos setores para evitar aglomeração, aferição de temperatura na portaria, adequação do refeitório, áreas de vivência e vestiários, além de desinfecção constante das áreas comuns.

Para os funcionários, as duas semanas de paralisação devem contar como parte das férias coletivas, segundo a empresa.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), que monitora a situação dos 42 frigoríficos no estado, mais de 1.100 trabalhadores de frigoríficos de Mato Grosso do Sul já foram infectados com a covid-19. Em uma das maiores plantas, em Dourados, que tem 4,3 mil empregados, pelo menos 1,6 mil colaboradores foram afastados.

A preocupação do MPT se deu, inicialmente, pelo número alto de casos registrado em Guia Lopes da Laguna, onde a prefeitura afirmou que 90% dos casos da doença tinham relação direta com o frigorífico.

Nota na íntegra

A Naturafrig Alimentos, unidade de Rochedo/MS, devido ao aumento de casos do novo coronavírus no município, comunica que a partir dessa segunda-feira, 29 de junho, estará em processo de paralisação temporária das atividades na unidade de Rochedo, a princípio por aproximadamente 15 dias, visando, em primeiro lugar, a saúde dos seus colaboradores e, consequentemente, familiares e a sociedade Rochedense. A empresa sempre esteve e continua no controle da situação. As medidas para a contenção, em especial a suspensão das atividades, se deu por decisão preventiva interna, e não por determinação de qualquer órgão. A direção entende que momento exige união de todos em prol da saúde das pessoas e da segurança dos produtos. Os procedimentos preventivos da unidade de Rochedo possuem validação da vigilância sanitária do município e ainda do Ministério da Economia. A empresa possui ótimo relacionamento com as secretarias de saúde dos dois municípios, Rochedo e Corguinho, e todas as ações são decididas em conjunto. A empresa já possui plano interno de prevenção, onde foram adotadas várias medidas desde o início da pandemia de covid-19, em março de 2020 tais como: cumprimento do distanciamento social; Mudança de horários dos setores para evitar aglomeração; Aferição de temperatura ao adentrar nos veículos e na empresa; Adequação do refeitório, áreas de vivência, vestiários, etc.; Desinfecção constantes das áreas comuns da empresa; Entre várias outras. Desta forma, a direção da Naturafrig, empresa que atua no mercado de abate de bovinos e está entre as maiores empresas do Brasil, toma as seguintes decisões e atua de forma transparente com seus colaboradores, fornecedores, pecuaristas e comunidade: Suspensão da produção A partir de 29/06 a empresa suspenderá sua produção, e, possivelmente, concessão de férias coletivas para os colaboradores, por período de 15 dias. O motivo da paralisação é para reestruturação dos procedimentos já implementados, visto ao crescente número de casos no estado e no município, visando a proteção dos colaboradores e de toda a sociedade de Rochedo e região. Elo com o trabalhador O sindicato dos trabalhadores faz parte do comitê interno de prevenção, portanto a entidade participa das decisões e fiscaliza in loco todas as ações implementadas.

Quadro técnico em saúde

Além do setor de Saúde e Segurança do Trabalho, composto por técnicos de segurança, enfermeiros, engenheiros, médico do trabalho, a empresa contratou para esse momento, médico infectologista, quem coordenará todas as medidas do plano interno de contenção a propagação do Covid-19.

Tecnologia

O setor de tecnologia da empresa, desenvolveu um software onde, através de cruzamento de dados, e algoritmo, consegue rastrear todo contato que os colaboradores possam ter, para que as medidas de contenção sejam eficientes.

Responsabilidade Social

Pensando na sociedade como um todo, a empresa já realizou doações de EPIs e equipamentos para as prefeituras de Rochedo e de Corguinho, e sempre esteve em contato com a administração dos dois municípios para ajudar no que for necessário na contenção do vírus na região.

Aos pecuaristas

O setor de compra de gado da empresa está realocando todos os animais adquiridos para as unidades de Nova Andradina/MS e Pirapozinho/SP.

Retorno das atividades

No retorno das atividades, a empresa realizará teste em 100% dos colaboradores, a fim, sempre, de garantir a saúde dos nossos colaboradores e da sociedade de Rochedo e região.

Por Ricardo Freitas, G1 MS

Veja Também

Vulneráveis ao coronavírus, 48 crianças já foram internadas em MS por causa da doença

Foto: Divulgação/ Midiamax. MATO GROSSO DO SUL – Com mais de 81 mil casos confirmados em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.