Home / Campo Grande / Mulher é sequestrada no Itanhangá Park e liberada após R$ 18 mil em resgate

Mulher é sequestrada no Itanhangá Park e liberada após R$ 18 mil em resgate

Equipe do Garras também participou de operação. (Foto: Arquivo)
CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Mulher de 50 anos foi vítima de sequestro na madrugada deste domingo (19) em Campo Grande. A vítima ficou sob o poder dos criminosos por cerca de 2 horas em cativeiro e, só foi solta, após o pagamento de resgate no valor de R$ 18 mil.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima de roubo seguido de cárcere privado contou aos policiais que foi rendida com a  sua filha, de 21 anos, na garagem de casa no Bairro Itanhangá Park, por dois homens armados, por volta de 1h. Mãe e filha foram levadas para dentro da residência e, na sequência, o marido da mulher, de 61 anos, que estava no quarto, também foi rendido.

Os criminosos exigiam dinheiro, joias, cofre e faziam ameaças. Durante o roubo, eles avistaram um guarda de rua e com medo de serem descobertos resolveram sair da casa levando somente a mulher em cárcere. Um deles saiu dirigindo um Audi A3 da família com a vítima dentro. O outro bandido entrou em um Fiat Uno, de cor azul, carro utilizado pela dupla para cometer o crime.

Sob ameaça, a vítima foi vendada e levada para o cativeiro, onde teve as mãos e as pernas amarradas.  Ela só foi colocada em outro carro e liberada em seguida, no cruzamento das ruas Darwin Dolabani com a Mário Silveira Barbosa, no Bairro Itamaracá, depois que o marido pagou o resgate.

O resgate – Depois de saírem levando a mulher, os bandidos entraram em contato com o esposo dela exigindo a quantia de R$ 50 mil para o resgate. Eles ameaçaram o homem dizendo para não envolver polícia, caso contrário matariam a mulher.

O homem disse que não conseguiria o valor, mas depois de algumas ligações informou que tinha R$ 18 mil e um relógio rolex. O esposo da vítima  foi orientado a levar o dinheiro no Bairro Campo Alto, na Rua Professor Odete Trindade Benites, próximo a uma conveniência. Lá, a quantia e o relógio foram entregues para um rapaz, comparsa da dupla.

Na sequência, foi feita ligação informando que a mulher seria solta no Bairro Tiradentes. Porém, a vítima foi encontrada pelos policiais do Choque, por volta das 3h30, na Rua Darwin Dolabani, no Bairro Itamaracá. O cativeiro, cujo bairro não foi informado na ocorrência policial, foi localizado e periciado. O carro da vítima também foi encontrado abandonado, na Rua Santina Delfino Sanches, no Jardim Pacaembu, na região da Avenida Guaicurus.

Além da Polícia Militar, a ocorrência foi atendida por policiais do Garras (Delegacia Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) e GOI  (Grupo de Operações e Investigações Especiais). Até o momento, nenhum dos autores foi identificado ou preso.

Por Viviane Oliveira – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

Final de ano à vista: confira o horário de funcionamento do comércio em Campo Grande

As comemorações de final de ano estão chegando e o Sindicato do Comércio Varejista de ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.