Home / Esportes / Neymar leva o bi do Troféu Armando Nogueira com nota média superior a 7

Neymar leva o bi do Troféu Armando Nogueira com nota média superior a 7

 

Neymar é sinônimo de talento, recordes, conquistas e, também, prêmios. Principal joia do futebol brasileiro nos últimos anos, o garoto prodígio fechou a temporada de 2012 com o bicampeonato do Troféu Armando Nogueira. Com média de 7,13, o craque do Santos reagiu durante a competição e ultrapassou o atacante Luis Fabiano, do São Paulo, na última rodada. O atacante se aproveitou do fato de o Fabuloso ter sido poupado contra o Corinthians e contou com a própria inspiração na vitória do Peixe sobre o Palmeiras por 3 a 1, o que lhe deu o prêmio de craque da rodada final do principal torneio do país. Diego Cavalieri e Fred (Fluminense) e Lucas (São Paulo) também figuram entre os cinco jogadores de melhor média da Série A.

Neymar se transforma cada vez mais em um craque sem limites (Foto: Alex Silva / Agência Estado)
 

No ano passado, Neymar fechou o Brasileirão com média de 6,98 e foi seguido de perto por Fred, Montillo, Dedé e Ronaldinho Gaúcho. Neste ano, apesar de ter atuado apenas 17 vezes devido aos compromissos com a Seleção Brasileira e outros pelo próprio Santos em competições simultâneas, o camisa 11 manteve atuações do mais alto nível e por isso acabou coroado como o craque do Armandão.

Dentre as 17 vezes em que foi avaliado na Série A deste ano, Neymar recebeu duas vezes a nota 7, um 7,5, cinco notas 8, um 9,5 e um dez. O grau máximo foi obtido na partida em que o Santos goleou o Cruzeiro por 4 a 0 no Estádio Independência, pela 34ª rodada. Neste jogo, o craque anotou três gols, deu uma assistência e saiu ovacionado pela torcida adversária, fato muito raro no futebol da atualidade.

O goleiro mais bem avaliado do campeonato foi também um dos pilares do título conquistado pelo Fluminense. Decisivo em boa parte das vitórias de seu time, Diego Cavalieri foi uma verdadeira muralha humana e passou a ganhar um lugar especial no coração dos tricolores.
Na lateral direita, Cicinho (Sport) foi quem mais se destacou. Do lado esquerdo, João Paulo, da Ponte Preta, venceu a disputa com os concorrentes.

Diego Cavalieri é o único entre os cinco que não joga no ataque (Foto: Bia Figueiredo / Photocamera)
 

Xerife do Atlético-MG, Réver não deu chances para os demais zagueiros e ostentou a excelente média 6,39. Paulinho, do Corinthians, desfilou regularidade e deu as cartas entre os volantes. O holandês Seedorf desbancou Ronaldinho Gaúcho por uma pequena margem e terminou o Brasileirão como o melhor meia. Craque do Armandão, Neymar foi consequentemente o atacante mais bem avaliado.

As listas dos melhores por posição do Campeonato Brasileiro foram formadas a partir da apuração das médias de todos os jogadores que disputaram o mínimo de 40% dos jogos da competição. As notas foram dadas pelos comentaristas do SporTV e por repórteres do GLOBOESPORTE.COM.

Confira os melhores por posição:

 

Fonte: Globo Esporte

Veja Também

Suárez se revolta com o Barcelona após reviravolta em negócio com o Atlético

© AP Luis Suárez reclama una jugada frente al Atlético de Madrid Luis Suárez está furioso ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.