Home / Mato Grosso do Sul / Operação investiga 30 locais denunciados por violência contra idosos em MS

Operação investiga 30 locais denunciados por violência contra idosos em MS

A Polícia Civil em Mato Grosso do Sul investiga 30 locais denunciados por casos de denúncia de violência contra idosos, em participação da Operação Vetus, deflagrada em todo o País para combater este tipo de violência. A ação foi organizada a partir do aumento do registro de denúncias durante a pandemia.

A operação é inédita, desencadeada pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. A ação integrada entre todas as polícias civis do país teve início no dia 1 de outubro, data em que se comemora o Dia Internacional do Idoso.

Segundo dados do disque 100, que recebe denúncias de violações de direitos humanos, foram registradas quase 7 mil denúncias de crimes contra idosos do dia 1º de outubro até esta quinta-feira (3).

Os detalhes da operação ainda serão divulgados pelo ministério.

Histórico – Conforme os dados do disque 100, no ano passado foram registradas 705 denúncias de maus tratos contra idosos no Estado. Em algumas delas há mais de um tipo de violência. Em 2018, o total de reclamações foi de 545.

A negligência é o tipo de violência mais comum e foi citada 586 vezes nas denúncias. A psicológica apareceu em 314 casos e o abuso financeiro em mais 266. Violências físicas foram citadas 154 vezes e sexuais em outras 4.

Denúncias – Queixas sobre maus-tratos contra idosos podem ser feitas pelo disque 100 de maneira anônima, em delegacias, nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade, na Defensoria Pública e no prédio da OAB. Após as queixas, um assistente social vai até a casa verificar o que está ocorrendo.

Por: Silvia Frias / Campo Grande News

Veja Também

Testemunhas de Jeová escrevem cartas de consolo e esperança

Foto: Edvânia, juntamente com suas amigas, escrevendo cartas de consolo e esperança Testemunhas de Jeová ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.