Home / Mundo / Paraguai anuncia captura de segundo foragido de prisão de Pedro Juan Caballero

Paraguai anuncia captura de segundo foragido de prisão de Pedro Juan Caballero


Sacos com terra retirada por presos na escavação de túnel para escapar do presídio regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai — Foto: Reprodução / Fiscalía Paraguay

Autoridades paraguaias anunciaram nesta segunda-feira (20) que um segundo preso que havia fugido da Penitenciária de Pedro Juan Caballero foi recapturado.

O paraguaio Sabio Darío González Figueredo, que cumpria pena por roubo, estava escondido em uma casa no bairro de San Juan, próxima à penitenciária.

Horas antes, um fugitivo brasileiro foi recapturado pelo Departamento de Operações da Fronteira (DOF) em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. De acordo com o DOF, ele tem 30 anos, é de Imperatriz (MA) e cumpria pena no presídio regional por tráfico de drogas há quatro anos.

Segundo o jornal paraguaio “ABC”, a polícia realizou uma série de buscas em diferentes bairros de Pedro Juan Caballero nesta segunda-feira à procura de fugitivos, mas apenas González Figueredo foi encontrado.

Fuga

A fuga aconteceu no domingo, quando 76 presos escaparam por um túnel, ainda de madrugada. Destes, 40 são brasileiros e 36 são paraguaios e, segundo o ministério da Justiça do Paraguai, eles são integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Na lista de foragidos divulgada pelo Ministério da Justiça do Paraguai estão o brasileiro Timóteo Ferreira, apontado como líder da facção dentro do presídio. Também estão seis supostos integrantes do grupo de matadores de aluguel “Minotauro”, ligado ao narcotráfico. Eles atuam na fronteira e na semana passada buscavam deixar a prisão com uma ordem judicial.

Ainda no domingo, a ministra da Justiça, Cecilia Perez, afirmou que sua pasta denunciou ao Ministério Público um suposto plano de fuga e pagamento de 80 mil dólares (mais de R$ 330 mil) por parte de integrantes da facção criminosa para os funcionários da prisão regional de Pedro Juan Caballero, de acordo com o jornal “La Nación”.

Por G1

Veja Também

Mortes por coronavírus passam de 1,6 mil na China

A China registrou 142 novas mortes causadas pelo novo coronavírus, de acordo com balanço divulgado neste sábado (15). ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.