segunda-feira , 9 dezembro 2019
Home / Brasil / Peão é atacado por onça-pintada quando andava a cavalo no Pantanal e passa por cirurgia no rosto em MT

Peão é atacado por onça-pintada quando andava a cavalo no Pantanal e passa por cirurgia no rosto em MT


Homem está internado no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande — Foto: Reprodução/TVCA

Um peão foi atacado por uma onça-pintada nessa quarta-feira (13) em uma fazenda na região do Pantanal entre Poconé e Cáceres, a 104 km e 220 km de Cuiabá, respectivamente. Ele foi levado inicialmente ao Hospital Regional de Cáceres.

Luciano da Silva Braga, de 58 anos, foi transferido e internado por volta de 14h no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG), na região metropolitana da capital mato-grossense.

A fazenda fica na zona rural de Poconé, na divisa entre Cáceres. Luciano estava com outros dois trabalhadores quando eles passaram perto de três onças. Eles estavam montados em cavalos, cada um, quando a onça o atacou por trás.

De acordo com testemunhas, duas onças seriam fêmeas e o terceiro era macho. Elas estariam em um processo de acasalamento quando os peões passaram perto dos animais.

Uma das onças atacou Luciano pelas costas. Os outros peões tentaram salvar o colega e afastaram o animal. O patrão dele o levou para o hospital de avião.


Morador foi atacado por onça, acabou internado e passa por reconstrução no rosto em Várzea Grande — Foto: Divulgação

Segundo o PSMVG, Luciano está internado no box de emergência. Ele sofreu vários cortes na região do rosto e na cabeça.

De acordo com o PSMVG, o paciente foi operado para reconstrução da face e outras partes afetadas.

A expectativa é que Luciano seja operado novamente e seja encaminhado para um cirurgião plástico.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz (PSDB), acompanhou o caso.

De acordo com ele, é a primeira vez que uma onça-pintada ataca um peão montado a cavalo. Historicamente, segundo ele, esse tipo de animal não ataca os humanos dessa forma.

“Não temos registro de um ataque desse tipo contra um peão que estava montado a cavalo. Cáceres é conhecida pela sua biodiversidade e polo de observação de onças no Pantanal”, comentou ao G1.

Por Denise Soares e Alexia Schumacher, G1 MT e Centro América FM

Veja Também

Corpos de dois dos trigêmeos que se afogaram em rio são sepultados no Paraná

Os corpos de dois dos trigêmeos de 13 anos que morreram afogados neste sábado (30) no ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.