Home / Mundo / Pequim inaugura novo aeroporto ultramoderno

Pequim inaugura novo aeroporto ultramoderno


O novo aeroporto internacional, em forma de estrela do mar, operará em plena capacidade em 2025 — Foto: AFP

O presidente chinês, Xi Jinping, inaugurou nesta quarta-feira o novo aeroporto de Pequim, coincidindo com as comemorações na próxima semana do 70º aniversário da criação do regime comunista.

O aeroporto internacional de Daxing, em forma de estrela do mar, fica 46 km ao sul da capital.

O primeiro avião comercial, um Airbus A380 da companhia China Southern Airlines com destino a Guangzhou (sul), decolou poucas horas depois da cerimônia.

A inauguração da infraestrutura com ares futuristas é parte do projeto do “sonho chinês” de Xi Jinping e aconteceu a poucos dias da festa nacional de 1o. de outubro, que será marcada por um grande desfile civil e militar no centro de Pequim.

O novo aeroporto internacional, em forma de estrela do mar, operará em plena capacidade em 2025, com 72 milhões de passageiros anuais previstos, o que seria um recorde mundial para um único terminal, segundo seus criadores.

Em 2040, a infraestrutura terá oito pistas, uma para uso militar, e poderá receber até 100 milhões de passageiros, o que o transformará no maior aeroporto do mundo em capacidade de recepção de viajantes.

As novas instalações servirão para evitar a saturação do atual aeroporto internacional Pequim-Capital, cujos três terminais estão localizados ao nordeste da megalópole de 21 milhões de habitantes.

O atual aeroporto, o segundo maior do mundo em número de passageiros, atrás apenas do aeroporto de Atlanta (Estados Unidos), está quase saturado, com mais de 100 milhões de passageiros anuais.

O transporte aéreo está crescendo na China e, de acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), em meados da década de 2020 o gigante asiático ultrapassará os Estados Unidos como o primeiro mercado aéreo do mundo.

Em 2037, o país organizará 1,6 bilhão de viagens de avião por ano, um bilhão a mais que em 2017. Em 2025, Pequim poderia receber um total de 170 milhões de passageiros espalhados entre os dois aeroportos.

O novo edifício de 700.000 metros quadrados é, segundo seus criadores, o maior terminal aéreo do mundo.

Foi projetado pela arquiteta anglo-iraniana Zaha Hadid, que morreu em 2016, e pela subsidiária de engenharia da empresa francesa Aéroports de Paris (ADP).

O terminal cobre uma área equivalente a 25 campos de futebol e inclui uma estação de metrô e uma estação de trem de alta velocidade.

O projeto custou 120 bilhões de iuanes (cerca de 17,5 bilhões de dólares) ou 400 bilhões de iuanes, se forem incluídas as conexões ferroviárias e rodoviárias.

Por France Presse

Veja Também

Atentado em mesquita deixa 62 mortos no Afeganistão

Várias explosões no leste do Afeganistão desabaram o teto de uma mesquita matando pelo menos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.