quarta-feira , 21 agosto 2019
Home / Campo Grande / Prefeitura espera até 40 mil pessoas em feirão da habitação

Prefeitura espera até 40 mil pessoas em feirão da habitação


Maquete de como ficaráa fachada da Cidade do Natal, rebatizada especialmente para a ocasião – Foto: Divulgação
A Prefeitura espera por uma grande presença de público na Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena, região leste, para o 2º Feirão Habita Campo Grande, que vai de quinta-feira (15) até sábado (17) é apontado como o maior evento do segmento da habitação de interesse social da região. O ‘Feirão’ também se consolida como o maior de habitação destinado a todas as faixas de renda de Mato Grosso do Sul. 

Segundo a Prefeitura, um total de 536 unidades habitacionais serão sorteadas durante os três dias do Feirão.

Na quinta-feira acontece o sorteio público de 102 unidades do Portal das Laranjeiras, a partir das 19 horas. Já no dia 16 (sexta-feira) será a vez do sorteio de 66 apartamentos do Jardim Inápolis, também às 19 horas, e no sábado (17), último dia do evento, serão sorteadas 160 unidades habitacionais do Sírio Libanês às 11 horas, 105 apartamentos do Aero Rancho 7 às 16 horas e, por fim, mais 105 unidades habitacionais do Aero Rancho 8, às 18 horas.

Os sorteios públicos serão realizados conforme determina a Lei Complementar n. 299 de 29 de maio de 2017, que instituiu a sua obrigatoriedade a fim de beneficiar pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, o que concede total transparência ao processo. Mais de 35 mil famílias da Capital cadastradas na base de dados da EMHA e devidamente habilitadas ao sorteio desses empreendimentos acompanharão, em tempo real, a chamada dos nomes que serão destinados a cada moradia social.

BENEFÍCIOS

Os futuros beneficiários dessas moradias sociais devem atender aos critérios nacionais e municipais que regem o Programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. Entre eles, as famílias precisam estar enquadradas no Faixa 1 (renda familiar mensal de até R$ 1.800), não ter nenhum financiamento imobiliário e não estar inscrito no Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT).

Entretanto, o Feirão Habita Campo Grande será um evento para fazer história na habitação da Capital. A Agência Municipal de Habitação concederá 300 cotas de 6 mil reais cada para ser sorteadas a fim de que cidadãos que se encontrem no Faixa 1,5 (renda mensal de até 2.600 reais) também possam ter a oportunidade da moradia própria.

No 1º Feirão Habita Campo Grande, que aconteceu em agosto do ano passado no Shopping Norte Sul Plaza, foram sorteados 100 subsídios de 6 mil reais para quem se encontrava nesta faixa intermediaria de renda. Este ano, a EMHA triplicou a quantidade de benefícios para que mais cidadãos possam dar entrada no financiamento do imóvel que tanto desejam.

Participarão do evento 14 empresas que atuam no segmento da habitação, como construtoras e imobiliárias a fim de atender a todas as faixas de renda da população. Cerca de 1500 imóveis, localizados em todas as regiões de Campo Grande, estarão disponíveis para venda. Haverá um estande da Caixa Econômica Federal para atender ao público presente, e para agilizar os processos de consultas e análises de crédito, caso o cidadão esteja pleiteando um imóvel acima do Faixa 1,5.

ESTRUTURA ROBUSTA

A Cidade da Habitação terá cerca de 3 mil metros quadrados de área para atendimento ao público. Uma tenda pavilhão, com 76 metros de comprimento, abrigará as principais atividades realizadas durante os três dias do evento. A área coberta deverá configurar em 900 metros quadrados.

O local terá uma Praça de Alimentação com food trucks, que funcionará nos mesmos horários do Feirão e contará com 300 cadeiras exclusivas para que os cidadãos possam se acomodar para se alimentarem confortavelmente.

O 2º Feirão Habita Campo Grande conta com Sala de Imprensa climatizada para dar suporte ao trabalho dos jornalistas da Capital e com um Espaço Kids: cama elástica, tobogã inflável, escorregadores e demais brinquedos farão a alegria da criançada todos os dias do evento. Elas também ganharão, gratuitamente, pipoca e algodão doce no local.

A Funsat (Fundação Social do Trabalho de Campo Grande) também é parceira do evento e terá um estande no Feirão com o balcão de empregos. A tenda da AACC-MS (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer) venderá camisetas, canecas e demais produtos para ajudar as crianças na luta contra o câncer, com apoio do Mc Dia Feliz. A Liga do Bem participa da ação, com a venda de tickets e se apresenta no palco principal.

Para animar o público, o 2º Feirão Habita Campo Grande conta em toda sua programação seis shows musicais de artistas da terra: Joyce Bethânia, Bom de Fato, Paolla, Fuzueira, Kleber e Ruan e para fechar esta edição, o show de encerramento será com a dupla sertaneja Kid e Kenner.

INOVAÇÃO

Para o diretor-presidente da Emha, Enéas Netto, a chegada do 2º Feirão Habita Campo Grande corrobora as ações inovadoras que a pasta da habitação social tem realizado desde o início de 2017.

“É com imensa alegria que oferecemos esta mega estrutura à população de Campo Grande. Desde 2017, toda equipe da EMHA tem trabalhado incansavelmente para compensar os 5 anos anteriores à atual gestão, período este em que, infelizmente, o Executivo não havia apresentado nenhum projeto habitacional junto ao então Ministério das Cidades. Entretanto, mesmo enfrentando um cenário negativo e desgastado, o prefeito Marcos Trad nos incentivou e nos desafiou a ir além do que o Poder Público costumava oferecer à população. Aceitamos esse desafio com muito trabalho, muita fé e estamos mais uma vez inovando com uma considerável ampliação nesta segunda edição do Feirão”, destacou.

À frente da execução do evento, o diretor de Administração e Finanças da Emha, Claudio Marques Costa Júnior, ressalta que Feirão foi pensado minuciosamente a fim de se tornar uma referência para eventos desse tipo em todo o Brasil. “O resultado positivo do nosso trabalho tem nos mostrado essa direção correta do que devidamente o Poder Público deve oferecer à população. O direito à moradia digna é assegurado pela Constituição Federal e estamos cumprindo o que rege a nossa Carta Magna, mas com uma visão mais humanizada do que é e o que representa o cidadão conseguir uma moradia própria na conjuntura atual”, finalizou.

Fonte: RAFAEL RIBEIRO / CORREIO DO ESTADO

Veja Também

Homem sai para caminhar e é encontrado morto em construção

Corpo foi encontrado em terreno de construção. (Foto: Henrique Kawaminami) Um homem de 56 anos, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.