Home / Campo Grande / Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS

Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS

Morte aconteceu durante a madrugada, após briga e incêndio em uma das celas da PED de Dourados – Divulgação

Um detento da PED (Penitenciária Estadual de Dourados), identificado como Thiago Loureiro de Lima, de 32 anos, morreu na madrugada deste sábado (17) após uma briga com um colega de cela. Ele chegou a dar entrada no Hospital da Vida, mas acabou não resistindo.

De acordo com a ocorrência registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como homicídio simples, agentes da torre informaram sobre um possível incêndio que estaria acontecendo no interior da cela LNA 22.

Em seguida os policiais penais foram até a cela e verificaram que Thiago e um outro interno identificado como Márcio Henrique estavam em luta corporal e que o interior da cela estava coberto de fumaça, provoca por um incêndio.

Ainda segundo informações constantes do boletim registrado na Depac, os dois foram retirados da cela e Márcio saiu apresentando algumas escoriações e arranhões pelo corpo.

Entretanto Thiago Já se arrastar um pouco e em seguida desmaiou. Ele foi levado de cadeira de rodas até a enfermaria para receber os primeiros socorros. Como não havia médico nem enfermeiro de plantão na PED, o detento teve que ser levado para O Hospital, onde morreu após dar entrada. A causa do óbito ainda não foi explicada.

Conforme a relato do policial penitenciário que comunicou a ocorrência, Thiago teria surtado dentro da cela e que a partir daí teria iniciado uma briga entre ambos. O outro detento não foi apresentado pelos agentes no momento do registro da ocorrência e que o mesmo será inquirido pela autoridade policial no momento da realização da perícia no local.

Por: Marcos Morandi / Midiamax

Veja Também

Choque localiza depósito de drogas em Campo Grande

Um homem, evadido do sistema prisional, foi preso Equipes do Batalhão de Choque da Polícia ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.