Home / Campo Grande / Professor preso com pornografia infantil vai responder processo em liberdade

Professor preso com pornografia infantil vai responder processo em liberdade


Fachada do prédio da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente) – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

O professor de matemática de 35 anos preso, na quinta-feira (28) em Campo Grande, durante a operação “Dep Caught” da Polícia Civil para combater a pornografia infantil vai responder o processo em liberdade. Ele passou hoje por audiência de custódia e a Justiça decidiu que ele não vai para o presídio.

Além do professor, foram presos um agente patrimonial, de 41 anos, técnico de telecomunicações, 29, e estudante de gestão comercial, de 32 anos. Este foi liberado ainda ontem após pagar fiança no valor de R$ 4 mil.

Diferente do técnico de telecomunicações, que apenas armazenava o material, o professor também compartilhava. Por esse motivo teve fiança arbitrada para o primeiro caso, mas não para o segundo. Os outros dois homens foram presos no interior.

Dep Caught – a operação foi deflagrada na quinta-feira pela DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) para coibir a pornografia infantil. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e quatro prisões em flagrante.

De acordo com a delegada Marília de Brito, durante ações feitas  em Campo Grande, Jardim e Bonito foram apreendidos 50 gigas de arquivos que serão analisados pelos investigadores. Deste total, 30 na Capital e outros 20 no interior.

Os presos serão indiciados com base no artigo 241b do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) que prevê pena de 1 a 4 anos de reclusão pelo armazenamento deste tipo de conteúdo, de 3 a 6 pelo compartilhamento e de 4 a 8 pela produção.

Por Maressa Mendonça – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Veja Também

Capital vai liberar eventos, mas carteira digital de vacinação será passaporte

Titular da Sesau, José Mauro Filho explica que cartão de vacina digital vai permitir entrada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.