Home / Campo Grande / Programa de celular quer informar tempo de espera dos ônibus em Campo Grande

Programa de celular quer informar tempo de espera dos ônibus em Campo Grande

 

fd0704ddfb07adac2881fa1b800e4e19Em uma parceria com o Instituto Sul-Matogrossense para Cegos Florivaldo Vargas (Ismac) uma empresa de tecnologia local desenvolveu um aplicativo que fornece coordenadas de localização de pontos de ônibus e também da linha esperada pelo usuário. Uma solução parecida já tem implantação em Ribeirão Preto, mas por aqui ainda não há data para o sistema funcionar.

“Seis pessoas indicadas por nós ajudaram na avaliações desse sistema. É um dispositivo muito interessante porque ajuda na autonomia do deficiente visual e também vai contribuir para a Sociedade. É uma boa chance de mostrar as pessoas o conceito de Desenho Universal. Nossa entidade sempre esteve aberta a pesquisas que incentivem inclusão”, relata a presidente do Ismac, Telma Nantes.

A implantação contou com um investimento de R$ 3 milhões da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campo Grande (Assetur). A empresa para a operação do projeto terá que instalar em toda sua frota equipamentos de GPS, computadores de bordo, além da atualização constante da tabela de horários.

“Hoje já instalamos os aparelhos de localização em 75% dos veículos e até o final do ano teremos em todos. Para que esse avanço seja estendido a toda Sociedade a Assetur ainda depende da criação da central de controle para o Transporte Coletivo onde teremos uma ação em conjunto da Agetran. Incrível o poder dessas novas tecnologias”, diz o gerente da Assetur, Robson Strengari.

Atraso

O aplicativo que tem o nome de Assetur foi desenvolvido pelo campo-grandense Rodrigo Silveira Dutra, que teve a idéia após desenvolver um software de logística para uma empresa de São Paulo. O programa que poderia já melhorar a vida do usuário segue na gaveta devido a atualização das tabelas de horário ainda não ter regularidade na Assetur.

“O primeiro desafio que detectamos foi de mapear todos os pontos de ônibus em Campo Grande. Não havia essa base de dados e hoje existe. Pra isso pessoas da nossa equipe tiveram que embarcar em todas as linhas, e de ponto em ponto fazer check-in. No estudo com os usuários indicados pelo Ismac aperfeiçoamos a função de Embarque Especial, o comando de voz para coordenadas e a comunicação com os carros. Eles foram fundamentais”, declara Rodrigo, que também desenvolveu outras soluções de consulta para localização em Campo Grande.

De acordo com informações apuradas a solução já poderia estar em operação. A barreira para que o aplicativo seja implantado é simples no momento, e não depende de uma central de controle: atualização da tabela de horário dos ônibus, que poderia ser feita pela Assetur.

Futuramente, com esses dados sincronizados ao computador de bordo em cada veículo, o aplicativo, por ter o mapeamento das estações de embarque, poderá atender melhor os usuários. Neste cenário, previsto apenas para o final de 2014, com o celular a pessoa conseguiria saber o tempo de espera para o seu ônibus de embarque.

A consulta interativa do software, que será usado na plataforma Android, terá ações dirigidas através de um comando de voz, ou consulta interativa na tela do aparelho.

 

Fonte: A Crítica

Veja Também

Caminhão passa por cima de cabeça de motociclista na Gury Marques

Foi tentada reanimação, mas motociclista não resistiu (Marcos Ermínio, Midiamax) Uma motociclista de 41 anos, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.