quinta-feira , 5 dezembro 2019
Home / Tecnologia / Ciência / RCS: Google lança nova geração do SMS sem o suporte de operadoras

RCS: Google lança nova geração do SMS sem o suporte de operadoras

A Google está lançando o seu Serviço de Comunicação Rica, o RCS Chat, sem o suporte de operadoras de telefonia. A tecnologia é a evolução do SMS e estará disponível, a princípio, para França e Reino Unido.

O RCS Chat é aposta da Google de criar um app de conversa nativo parecido com o iMessage. Na prática, é como se o aplicativo de SMS do seu Android agora tivesse recursos parecidos com os do WhatsApp, como confirmação de leitura, criação de grupos, envio de imagens e compartilhamento de localização.

A princípio, esse novo modelo de protocolo de comunicação será viabilizado sem o intermédio de operadoras — como o perfil universal para suportar RCS é interoperável, qualquer uma das partes (operadoras, fabricantes de celular ou de sistema operacional) pode habilitar o serviço.

A Google chegou a trabalhar junto a operadoras para desenvolver a tecnologia, mas o progresso, de acordo com o The Verge, estava lento e a empresa dona do Android decidiu atuar sem intermediários.

Vantagens e desvantagens

Imagem: Divulgaçã/Google

Se, por um lado, o RCS traz ao aplicativo nativo do Android as características que citamos e a possibilidade de efetuar chamadas de vídeo e voz via IP; por outro, ele não é criptografado de ponta a ponta, deixando as mensagens expostas em parte do processo. Além disso, o RCS não tem banco de dados nem apresenta sincronização entre dispositivos.

Sanaz Ahari, diretor de gerenciamento de produtos para mensagens do Android, afirmou ao The Vergeque a equipe está trabalhando para resolver esses problemas.

Substituição

Os aparelhos nas regiões habilitadas para o RCS exibirão uma notificação pedindo atualização quando o usuário abrir o aplicativo de mensagem. Caso uma pessoa que usa o RCS estiver falando com outra sem permissão para esse protocolo, automaticamente as mensagens serão enviadas via SMS.

Ainda não há previsão para o lançamento do recurso em outros países, inclusive no Brasil.

POR GABRIELA PEDERNEIRAS / TECMUNDO

Veja Também

Buraco negro expulsa estrela da Via Láctea a uma velocidade absurda

Uma estrela está deixando a Via Láctea a uma velocidade impressionante: mais de 6 milhões ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.