quarta-feira , 19 fevereiro 2020
Home / Mato Grosso do Sul / Rodovia de MS onde caminhão canavieiro tombou e motorista de carro morreu é liberado no fim do dia

Rodovia de MS onde caminhão canavieiro tombou e motorista de carro morreu é liberado no fim do dia

Caminhão carregado com cana tombou na MS-157, sobre ponte do Rio São Domingos, em Itaporã (Foto: PMR/Divulgação)

A MS-157, onde um caminhão canavieiro tombou e causou acidente com um carro oficial da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), foi liberada no fim da tarde desta sexta-feira (13), após quase 10 horas de interdição. O motorista do caminhão de 28 anos morreu ao ser arremessado para fora do veículo.

Segundo a Uems, no veículo estavam o reitor da instituição, Fábio Edir dos Santos Costa, e o motorista, Luiz Ramão de Oliveira. Eles saíram ilesos.

Conforme o registro policial, o motorista do caminhão com dois reboques carregados de cana de açúcar picada perdeu o controle e tombou perto da ponte do Rio São Domingos, por volta das 7h30 (de MS). Ele seguia para Itaporã pela MS-157.

No momento do tombamento do veículo e os reboques, se deslocava em sentido contrário o veículo oficial da UEMS. O motorista tentou fazer uma manobra de marcha ré para evitar a colisão, mas ao perceber que não daria tempo, abandou o carro que bateu a frente e a lateral contra um dos eixos do reboque tombado.

O condutor do trator morreu no local após ser arremessado para fora do veículo por causa do impacto, de acordo com a polícia. Ele caiu sobre o barranco da ponte do Rio São Domingos.

O caso foi registrado como acidente de trânsito com vítima fatal provocado pela própria vítima na Delegacia de Polícia de Itaporã.

Por G1 MS

Veja Também

Menina de 5 anos morre após pai tentar atropelar cobra e carro capotar em MS

Daniely morreu no acidente (Foto: Diário Corumbaense) Na noite de quinta-feira (13), Daniely Pedroso de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.