Home / Esportes / Sem clima com jogadores e diretoria, Rogério Ceni tem reunião no Cruzeiro para definir saída

Sem clima com jogadores e diretoria, Rogério Ceni tem reunião no Cruzeiro para definir saída


Agência i7/Mineirão

Sem clima com jogadores e diretoria, Rogério Ceni está próximo de deixar o Cruzeiro. Uma reunião na tarde desta quinta-feira na Toca da Raposa irá decidir o futuro do técnico. De acordo com apuração da TV Globo, o encontro será assim que a delegação do Cruzeiro desembarcar em Belo Horizonte. O estopim foi a discussão no vestiário celeste após o empate sem gols com Ceará na noite dessa quarta-feira, no estádio Castelão, pela 21ª rodada do Brasileirão.

Depois da discussão no vestiário, a TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo em Fortaleza, confirmou que Rogério Ceni teve uma conversa com o vice presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, ainda na noite de quarta-feira. O dirigente sugeriu que Ceni pedisse demissão, mas o treinador recusou. Em contato com a reportagem, a diretoria do Cruzeiro não quis comentar o assunto.

Rogério Ceni tem oito jogos no comando do Cruzeiro; duas vitórias, dois empates e quatro derrotas — Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Rogério Ceni tem oito jogos no comando do Cruzeiro; duas vitórias, dois empates e quatro derrotas — Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

A discussão no vestiário e o clima pesado

Após o empate com o Ceará, Dedé pediu a palavra, discordando da escalação escolhida por Rogério Ceni para o jogo dessa quarta-feira. O zagueiro afirmou que o meia Thiago Neves deveria estar no time. Rogério não gostou do questionamento, deixou o vestiário e saiu do Castelão antes da delegação cruzeirense. A informação foi publicada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Na entrevista coletiva, após o empate, Rogério Ceni foi questionado sobre o meia Thiago Neves, que viajou com o time para Fortaleza, mas que ficou no banco de reservas e não entrou na partida, Ceni explicou a opção por um meia de velocidade – Mauricio – e disse que levará em conta quem for melhor nos treinos da semana e de quem tiver “mais brilho no olho”.

– O Thiago (Neves) é uma opção. É um bom jogador, de muita qualidade técnica, mas naquele momento a preferência era por dar mais velocidade, com o Mauricio, um jogador de boa chegada, que entrou contra o Vasco, decidiu o jogo para nós – disse Ceni, aos jornalistas.

Vale lembrar que, na eliminação na Copa do Brasil para o Inter, Thiago Neves questionou publicamente a escalação de Rogério Ceni. No jogo seguinte (derrota para o Grêmio por 4 a 1 em Belo Horizonte no Brasileirão), Ceni falou sobre necessidade de fazer “mudanças drásticas” no Cruzeiro.

Situação ruim na tabela

A delegação celeste desembarca em Belo Horizonte na tarde desta quinta. Pela manhã, Rogério Ceni, em entrevista a TV Globo, afirmou que está “tentando com todas as forças” fazer com que o Cruzeiro saia da atual situação em que se encontra. O Cruzeiro está na 16ª colocação na tabela de classificação, com 18 pontos, mesma pontuação do CSA, primeiro colocado na zona de rebaixamento e que enfrenta o Palmeiras em São Paulo nesta quinta.

Rogério Ceni assumiu o Cruzeiro no dia 11 de agosto e, até agora, comandou a equipe em oito jogos. Foram duas vitórias, dois empates e quatro derrotas. A Raposa não vence há cinco partidas. Empatou com o Ceará na última rodada, e antes perdeu para Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Internacional, este último pela Copa do Brasil.

Por GloboEsporte.com

Veja Também

Cruzeiro e Rogério Ceni não chegam a acordo por pagamento de rescisão de contrato

Rogério Ceni foi demitido após oito partidas no comando do time. Multa em contrato era ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.